A uma

Ela é aquela, a uma
Que surgiu do nada
E não deixou nada de pé

Ela é a amálgama das minhas facetas
Que eu sequer sabia que existiam
E assim se fez em mim o que é

Ela é o sol e a lua que não nascem ou se põe
Que me ilumina e irradia – de noite, de dia!
É a luz do meu antes displicente ser

Ela é o horizonte que vejo e tenho como certo
Meu ponto de chegada e partida
Em paz comigo mesmo, fez-me renascer

Ela é aquela que me desafia, que critica
Que me faz ter certeza das incertezas
Que me ouve, que não permite que eu me sinta mudo

Ela é aquela que por onde passa
Muda conceitos, corolários, opiniões
E mudou por completo minha visão de mundo

Ela é aquela sem definição
Uma projeção perfeita de mim mesmo
De tudo que mais ardentemente desejo e prezo

Ela é o resultado direto e correto
De longas súplicas que fiz a Deus
E por ela, em reverencial silêncio e de joelhos, eu rezo

Ela é despertares suados de sonhos aflitos
Paisagens paradisíacas e amontoados de livros
É a minha natureza mais abissalmente profunda

Ela é o tudo que dilacera o nada
É o que quiser e o que desejar ser quando quiser
E a sua presença simplesmente transborda, inunda

Ela é a primeira e a última dose
Afrodisíaco dentro e fora de quatro paredes
Real e absolutamente despudorada quimera

Ela é a força que eu não tenho
Não por acaso faço até o impossível
Para ter-me em suas mãos – quem me dera!

Ela é o choro do eu menino assustado
Que se cala com um abraço, com um beijo
E que em seguida sorri com a pureza de uma irresistível criança

Ela é a minha escolhida – impossível resistir a isto!
Por esses e tantos outros motivos
Derradeira bem-aventurada bem-aventurança

Sim, ela é a uma que eu não previa
Aquela que eu sempre quis ter
Sem saber que como ela algo parecido existia
Infinitas possibilidades me fez conhecer

E hoje, agradecido, entorpecido
Torço para que a uma que pela minha vida caminha
Aceite-me para sempre em seus ouvidos
Ouvindo-me dizer: “É minha! É minha!”

E que a uma, de alguma forma
Veja nesse homem para lá de comum
Que mesmo ela sendo a uma
Eu não sou apenas mais um.

A uma, eu sou seu um.

tumblr_mc9uag3Iwo1r9x643o1_500.jpg

7 – Orgulho

Sim!

Tenho muito orgulho de mim

 

Não

Eu não mereço tratamento especial

E não me vanglorio do que já fiz

Mas dentro do meu coração

Bem lá dentro

Tenho orgulho do que sou e do que já vivi

 

Não esmoreço

Nunca esmoreci

 

Diante do ódio

Levei o amor

Diante da discórdia

A união

Nem de longe

Um São Francisco de Assis

Apenas mais um na multidão

Tentando encontrar seu caminho

 

E essa minha fé gigante

Tamanha

Em Deus

Na vida

É meu escudo para ser

Muito mais forte do realmente que sou

 

Gosto disso:

De ser como sou

De saber que sempre lido com a verdade

Em busca da felicidade

Minha e dos outros

Eu sou assim!

 

E de vez em quando fraquejo…

Meus olhos lacrimejam

Meu coração dói

Minha alma também…

 

É esse o preço

De quem nasceu do avesso

Visceral

Para não morrer

Até mesmo depois do fim.

maxresdefault

1 – Gula

2 – Avareza

3 – Luxúria

4 – Ira

5 – Inveja

6 – Preguiça

7 – Orgulho

6 – Preguiça

Já fui do céu

Ao inferno

E do inferno

Ao céu

Muitas e muitas vezes

Sempre dei tudo de mim

 

Sempre tive aquela sensação

De que devia e precisava fazer mais

De que precisava ir atrás

Chegava até a esquecer de mim

 

E eu amava…

E como amava!

 

De dia ou de noite

Ao fim de tarde

E eu tentava fazer tudo perfeito

Tudo direito

Simples assim:

Só para nos ver sorrir

 

Eu lutava…

E como eu lutava!

 

Superava obstáculos

De toda e qualquer natureza

Eu queria a verdade

Pela nossa cumplicidade

Pela nossa reciprocidade

Eu lutava por nós

Por você e por mim

 

Até o dia que me percebi um Don Quixote

E aí eu tive preguiça, sim

Talvez eu esteja só cansado

Mas por via das dúvidas

Vou esperar sentado.

792-esperar-nao-e-perder-tempo--A-Frase--

1 – Gula

2 – Avareza

3 – Luxúria

4 – Ira

5 – Inveja

6 – Preguiça

7 – Orgulho

5 – Inveja

Aquilo que tenho quando não estou contigo

E que me faz sentir que estou sem mim

 

Tenho inveja de mim mesmo

Do garoto que viro

Do semblante leve

Dos sorrisos, dos papos animados

Do não ter pressa

Do não ter rumo

Do não precisar do futuro

Do saber o que é só estar ali

 

Do barulho do mar

Da água de coco na praia

Do protetor solar

Dos coqueiros

Da restinga

Do biquini

Dá tolha que cai e me faz rir

 

É, eu tenho inveja de mim..

 

Quem sabe um dia essa inveja vire só saudade

E talvez um dia até essa saudade chegue ao fim

Seria uma pena

Enfim.

3e28901b1624ff3a66d413a6cf669b8c

1 – Gula

2 – Avareza

3 – Luxúria

4 – Ira

5 – Inveja

6 – Preguiça

7 – Orgulho

4 – Ira

É o aperto no coração

Que faz sangrar o que não deveria ser dito

 

Perguntas sem respostas

Cartas que vão e não voltam

Monólogos compartilhados

Ansiedade que dispara

O que fica para depois

O que nunca é antes

 

É o breve

O rápido

O descuido

O descaso

A ingratidão

Os pés no chão

Ainda que com asas

 

É a espera

O aleatório prognóstico

A comida que esfria sobre a mesa

Feito amor que saiu para comprar cigarros

E nunca mais voltou

 

São as fotos

A presença distante

O gosto do beijo

O vinho e o queijo

A incapacidade de lidar

Com o sim e com o não

 

É a mão estendida

A promessa não esquecida

A loucura da solidão

O medo do escuro

A esperança de que não tenha sido tudo em vão

 

Minha ira

Casca de ferida

Mais que dorida

Que não se cura

E que está sempre pronta para virar perdão.

lucas_edvaldo_o_amor_verdadeiro_nunca_morre_independent_lqyzw9e

1 – Gula

2 – Avareza

3 – Luxúria

4 – Ira

5 – Inveja

6 – Preguiça

7 – Orgulho

Vim trazer verdades 3

Vim trazer verdades: não adianta só pedir; é preciso estar preparado para receber.

Sabe aquela moça que sonha com um príncipe encantado ou o rapaz que torce para encontrar o amor de sua vida? Lamento informa-los, mas o tal príncipe não virá em um cavalo branco (pode até vir – nunca se sabe) e o amor de sua vida talvez seja encontrado na sala de espera de um consultório médico.

A vida é assim. Nossos sonhos se realizam sempre. O essencial é trazido até a nossa vida sem que precisamos fazer força. Ele simplesmente acontece.

Entretanto, você não escolhe a hora. Pode acontecer com 18 anos. Pode acontecer com 70. E a pergunta permanece: você está preparado para receber o que pediu?

“Se fosse antes…”

“Já se passou muito tempo…”

“Sou muito novo para isso…”

“O que as pessoas vão pensar de mim?”

“Vou ter que fazer mudanças…”

[insira a sua desculpa acima]

O universo nos ouve o tempo todo. Ele trabalha por nós. Esteja preparado! Não tema! Não super racionalize! Apenas esteja atento e deixe o que você sempre sonhou entrar na sua vida. Dê boas vindas. Agradeça. E acima de tudo, aceite.

Nunca é cedo ou tarde demais. Não há momentos ou lugares errados. Acredite na sua intuição. Tudo acontece quando e como tem que acontecer. Não ignore as inúmeras mágicas que o universo teve que fazer para entregar de bandeja exatamente o que pediu.

o-universo-sempre

Vim trazer verdades 2

Vim trazer verdades: você será SEMPRE julgado. Ponto.

Por quem você conhece e por quem você não conhece. Vão julgar suas atitudes, suas decisões, e tudo mais que aconteça na sua vida. Não serão justos, eu adianto. O julgamento será tão cínico ao ponto de ser baseado no mais puro e iletrado achismo.

Frases como “Eu sei o que é melhor por você”, “Vai por mim” e chantagens emocionais de todos os tipos são apenas objetivam o controle direto sobre a sua vida. Mas sabe quando você coloca a cabeça no travesseiro? Sabe quando você pensa em como gostaria de estar em 5, 10 anos? Sabe quando você tem uma imagem clara do que te faz feliz? Sim, você sabe. Só você sabe.

E as pessoas que te julgam, de uma maneira ou de outra, pouco se importam com a sua felicidade, porque sequer entendem as suas necessidades mais básicas como indivíduo. Querem que você seja um espelho do que elas são e nada além disso. Então, vamos combinar uma coisa? Escute os outros, mas escute principalmente a você mesmo. Garanto que na hora de sua morte você não vai pensar no julgamento dos outros, mas sim no beijo que não deu, na pessoa que você deixou ir, na viagem que você adiou, e em tudo mais que foram sonhos verdadeiramente seus. Seus e de mais ninguém.

nao-importa