About Love I Don’t Know a Thing – by Floor Jansen

Sim, você sabe que é para você e sabe que é apenas a seu lado que me sinto assim.

About Love I Don’t Know a Thing
by Floor Jansen (sim, a composição é dela!)

I asked my mother what she knows about love
She said, girl, not that much but I do know that
My heart led me to make honest choices
Who to go to, who to live with, with whom to share

I asked my father what he knows about love
He said ask your mom please
But I can say that my heart led me to make honest choices
Who to go to, who to live with, with whom to share

For I know much about riches, and I know more about bliss
And I also feel the sting when once again it’s hit and miss
And I know all about joy, and maybe more about mourning
But about love about love I don’t know a thing

So when you asked me what I know about it
I said darling not that much but I do know that
My heart will lead me to make honest choices
Who to go to, who to live with, with whom to share

For I know much about riches, and I know more about bliss
And I also feel the sting when once again it’s hit and miss
And I know all about joy, and maybe more about mourning
But about love about love I don’t know a thing

I only know, I only know
Only when you’re with me

The Phantom Of The Opera – com Floor Jansen e Henk Poort

Vamos começar com a versão original, que foi gravada em estúdio e faz parte de um musical com o mesmo nome.

Sim, eu já achava essa versão bonita. Sempre achei. Só que ouvir a versão ao vivo da Floor Jansen com o tenor Henk Poort, ficou algo absurdo! Sabe quando alguém melhora algo que você não acreditava que poderia ser melhorado?

Não sei descrever o tal “Floorgasm” (termo criado para descrever o que se sente ao ouvir a voz da Floor), mas causa arrepios e algumas vezes até lágrimas… É, definitivamente, a maior cantora que já tive a chance de ouvir.

Não se enganem: ela é uma soprano com formação clássica. Ela não é dona de apenas uma voz. Ela vai do Heavy Metal ao Clássico, muitas vezes dando o seu “personal touch” nas músicas justamente por conta desse dom. Há CENTENAS de vídeos de professores de música avaliando as performances da Floor e todos são unânimes: elas são absurdas!

Enjoy!!! 🙂

Dia do Idoso

Mais um Feliz Dia dos Idosos!!! 🙂

AGORA BABOU

Eu vi minha bisa, meus avós e avôs, envelhecendo. Vi meu pai falecer antes de envelhecer. E hoje vejo minha mãe envelhecendo.

Já perdi muita gente boa por conta da idade. Rugas… Marcas das lutas, da coragem, que jamais serão disfarçadas pelo tempo.

E quando falo de coragem, é porque carrego comigo esses exemplos. Os que vieram antes de mim eram corajosos. Eram bravos! Eram luz na minha vida! E na sua humildade, escondiam imenso saber.

Quem me conhece sabe que tenho um fraco (muito forte) por crianças e idosos. Crianças por serem o futuro, e idosos por carregarem o que nem imagino ser o seu passado.

Escolham um idoso qualquer na rua. Reparem bem! Percebam a fragilidade do corpo (na maioria dos casos), mas não os julguem por isso. Cada idoso já tem a sua própria história, e não nego que esse tempo todo na Terra me fascina.

A…

Ver o post original 175 mais palavras

Minha comida

Eu tenho sonhos imensos
Desejos que nunca acabam
Vontades que nunca passam
A todo e qualquer momento

Se eu invento?
Não preciso e nem tento

A culpa é toda tua
Que o tempo todo desfilas nua
Na lascívia inexorável do meu pensamento

És da minha alma alimento
E eu te devoro
A todo e qualquer momento.

(im)Perfeição – declamada por Michele Cruz

A Michele adora me fazer essas surpresas e eu adoro as surpresas que ela me faz. Ela escolha a poesia e a declama quando quer. O resultado é sempre surpreendente. Obrigado pelo carinho, Michele!!! ❤ ❤ ❤

Poesia original: https://agorababou.com/2019/09/15/imperfeicao/