Deixei de ser vegetariano

Estou passando por um momento de profunda revolução interna, e não me parece ser dor de barriga. Eu gosto de carne. Como carne de boi, de porco, de frango e de peixe/frutos do mar com frequência. Já comi carne de jacaré, de javali, de cobra, de avestruz, de coelho, de cordorna, de pato, e provavelmente de algum outra animal do qual me esqueci. Eu sou um sujeito mau por isso? E aí, pensei nos cachorros e nos gatos, por exemplo. Gosto muito deles. Jamais seria capaz de comer carne de cachorro ou de gato. E aí, pensei: “Que FDP! Desde que não mate um bicho que você ache bonitinho, tudo bem, né?” Virei vegetariano. Entretanto, Niterói está infestada por mosquitos e enquanto eu pensava sobre este assunto, fui vítima deste selvagem animal. Peguei minha espada jedi (a famosa raquete de matar mosquitos), e fulminei o bicho. Após vários estalos, sequer sobrou o corpo do animal selvagem. E então, pensei: “Que FDP! Desde que o bicho me faça mal, não há problemas em mata-lo, né?”

Alguns bichos eu acho legal matar. Outros, nem pensar. Deixei de ser vegetariano e descobri que sou só hipócrita mesmo. Sou feliz assim.

2 pensamentos sobre “Deixei de ser vegetariano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s