Em cada fração de tempo

Mais uma autoral! 🙂

Em cada fração de tempo

Quero que saibas
E que me entendas
Nos momentos de prazer
Ou na dor da solidão
Na taquicardia que agrada
Ou na opressão do coração
Que tudo que dentro de mim arde
É de alguma maneira parte de ti.

E assim, que seja tudo então suave
Intenso, ilógico – talvez
Mas que seja cedo e nunca tarde
Para voltar e reaprender
O que é ter ao teu lado um aliado
Alguém que te quer ver viver
Que espera em troca ver em tua face
Apenas gratidão para com a vida
Por ser como és
Por ser tudo que deverias ser.

Que seja, então, o último beijo da noite
A certeza de um novo amanhã
Que seja, então, o adeus ao fim da tarde
O mesmo prazer do beijo da manhã
E que sejam teus gemidos um alarde
De luxúria, de paixão.

Espero que cada momento seja tátil
Exclusivo e precursor do melhor
Que ainda nem conhecemos
E do muito que ainda há e está por vir.

Que cada momento seja tão intenso
Quanto o meu desejo de sentir
Teu gosto em cada fração de tempo
Ainda que eu saiba que tens que ir e vir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.