Por semelhança e nunca por autenticidade

A grande maioria das atitudes das pessoas passa pela crença de que, para serem aceitas, precisam seguir algum tipo de padrão ou ordem. E quando assim não o fazem, estão fadadas à desgraça, ao desprezo, ao esquecimento. Sim, estão.

O mundo em que vivemos não está preparado para a autenticidade. As pessoas perguntam por perguntar, fazem por fazer, casam por casar, e assim por diante. E assim, em meio ao politicamente correto, vivem, ainda que eu ache que isso não seja viver.

Mas de que adianta viver do jeito que eu acho? Portas serão fechadas. Empregos serão perdidos. Amizades serão desfeitas. Amores se esfacelarão. Sobrarão a dor, a desilusão. Sobrará o que cabe ao autêntico: o último passo antes do abismo.

Nunca espere nada de ninguém. Nunca espere nada! Seja apenas um repetidor. Aprenda com quem faz, seja lá quem for, e exaustivamente repita. Copie; não invente. Chame a cópia de sua obra-prima. Não tenha valor. Venda-se. Foda-se. E no mundo em que vivemos, seja feliz. Muito mais feliz que eu.

Não seja você jamais! Lembre-se disso! Essa é a regra número 1 dos novos tempos. Caso contrário, você será julgado e considerado culpado por crimes que sequer sabia que existia. Será abandonado, largado, relegado ao esquecimento. Sendo autêntico, irá interagir com outro somente diante de um espelho, espelho este que é sua vida, sendo o outro você mesmo.

Não creia que se trata de um conselho errado. Você jamais terá depressão ou achará que vive em um mundo de valores invertidos. Vai ser feliz, eu garanto! Não vai ser mal interpretado jamais, e todas as glórias serão suas. O coletivo será seu. O mundo também. Todos estarão a seus pés. Todos beijarão suas mãos.

E se portas se fecharem diante de você, lembre-se: você está errando de alguma forma. Está sendo você demais. Precisa corrigir isso. Vá ser feliz! Seja o que esperam que você seja e nada mais que isso. Seja humano ou bicho. Tanto faz. Só não seja você.

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Sim, é isso que eu penso de toda essa felicidade aparente que transborda nesse mundo artificial. Se o que me restar for apenas meu espelho, que fique claro que todas os ciclos e portas que se fecharam, de uma forma ou de outra, me fizeram ser o que sou. Diferente, inconformado, preocupado, grato, sincero, ingênuo, prudente, nunca ausente, nunca omisso. Ser assim nos dias de hoje é difícil, e é esse difícil que me faz feliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s