Dengue, Zika, Chikungunya…

É horrível, em uma situação como essa, perceber que você tinha razão. Que Deus nos ajude, porque no que depender dos homens, estamos indo de mal a pior.
http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2016/01/estamos-perdendo-guerra-contra-o-aedes-diz-ministro-da-saude-no-piaui.html

AGORA BABOU

Lembro-me como se fosse hoje do então político Sergio Arouca (que não se confunda com o que ele representava como médico), discutindo na TV e nas rádios se a Dengue era um problema municipal, estadual ou federal. Achei surreal a discussão, mas entendi que se tratava de uma questão orçamentária, que seria rapidamente resolvida.

Aqui estamos nós, 25 anos depois, com os mesmos problemas de antes. Entretanto, agora o problema não é só a Dengue. Temos a Zika, a Chikungunya, e quem sabe alguma outra nova doença para o final de 2015/início de 2016. O que permaneceu inalterado durante esse período? O vetor dessas doenças: o infame Aedes aegypti.

hhbm

Confesso que até hoje não sei exatamente se essas doenças são um problema municipal, estadual ou federal, mas sei que o controle do vetor dessas doenças, o mosquito Aedes aegypti, mesmo após 25 anos, continua ineficaz.

Os últimos dois verões foram…

Ver o post original 362 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s