Desobvializando

Não espere de mim o óbvio

O óbvio está em todos

Em todas as esquinas

Não quero ser só mais um

 

Para deixar claro:

Se for para ser mais um

Não faço questão de ser nada

Sei e não abro mão do meu valor

 

Ando cansado desses jogos

Dessas coisas babacas do amor

Perde-se tempo em disputas inúteis

Onde nunca há vencedores

 

O amor é para ser sentido

E não para ser raciocinado

Se cada passo é calculado

Pode ser tudo, menos amor

 

Amor é liberdade

É asas, é sonhos

Não tem nada de óbvio

E por isso eu amo.

images

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s