Metendo os pés pelas mãos 

Vou logo pedindo desculpas por antecipação

Quem ama em geral se complica

E acaba metendo os pés pelas mãos

 

Talvez queiras alguém que te questionar evite

É cômoda essa posição

Mas não cura o seu refluxo e a sua gastrite

 

Ou talvez queiras um ogrístico machão

Que peide e arrote sem cerimônia

E que te obrigues a manter brilhando o chão

 

Ou talvez, pelo sim, pelo não

Queiras um homem comum como eu

Que com suas chatices e defeitos

Qualidades e detalhes longe de perfeitos

Ama-te de paixão

E sim, ministrarei o Omeprazol e o Motilium

E sim, faço questão de limpar o chão!

3 pensamentos sobre “Metendo os pés pelas mãos 

Os comentários estão desativados.