Só um café?

Há dias em que adio

E tenho medo…

E ainda assim

Mais do que desejo

Sabes que tenho fé

E se não for só um café?

E se forem ruídos

E gemidos

Corpos ardentes

Despidos

Chama que me chama

Almas que se encontram

Que fazem sentido?

Insisto!

E se não for só um café?

E se for tiramisu

Lambido sobre seu corpo nu?

Diante de seus olhos e cabelos

Os motivos de todos

Os meus infinitos desesperos

E se também for doce

O que transborda do seu corpo

E me lambuza como se fosse –

Como de fato é –

O melhor que a vida já me trouxe?

Desisto!

Que não seja só um café!

Que seja como Deus quiser

Que no meio do espresso

Seja por nós dois espresso

O inconfesso

O incontroverso

Nosso direito de ter

E de ser

Nosso próprio

E incontido

Universo

Almas unidas por um café

Amor

Paixão

Ou simplesmente

Naturalmente

E absurdamente

Vulgar sexo.

0011793027

Vida

Sempre achei que a vida fosse

O oposto da morte

 

Não a vejo mais assim

 

A vida é apenas o que antecede

E como não sabemos

O que a sucede

Melhor aproveitar como der

Como vier

Vivendo de forma incerta

Na certeza inabalável da

Morte.

a-vida-nao-e-para-ser-entendida-apenas-vivida-e-dela-devemos-apro-342oj-w

Morte

Deixo-te como herança

O meu sorriso

Ei-lo como na chegada

Este da despedida

 

O coração?

Não te preocupes

Apesar de não estar bem

Já há disgnóstico:

Ausência total de toda sorte

Também conhecida como

Morte.

frase-o-amor-e-tormento-a-falta-de-amor-e-morte-marie-von-ebner-eschenbach-146786

Unhas vermelhas

Seriam só unhas

Se não fossem tuas

Tais navalhas divinais

Sobrenaturais

Surreais

Animais

 

Das tuas garras sou presa

Prato principal e sobremesa

De banquete que nunca acaba

De onde sempre se espera

E se quer mais

Sempre muito

Muito além do mais

 

Tal cor é conveniente

Pois é também da cor

Vermelha

E não por acaso se assemelha

À cor do sangue

Que jorra aos borbotões

Enquanto repousamos na cama

Nossos frenéticos

Pulsantes

Ululantes

Urrantes

Alucinantes

Corações

 

Unhas vermelhas

Eram só unhas

Mas como são tuas

Tinham que ser vermelhas

Pois tu bem sabes

Que do amor sou daltônico

Não vejo perigo

Só paixão e devassidão

Seria eu anacrônico?

nails

Imperfeitamente perfeito

Diga-me quem és

Porque bem sei quem sou

Tenho todos os defeitos típicos

De quem se apaixonou

 

Não há sentimento de sua parte

Essa parte eu até entendo

Mas por que dizes ser imperfeito

O amor pelo amor que estou tendo?

 

Deixe-me amar, me apaixonar!

Faço disso disso tudo bom proveito

Não imaginas o que sinto ao acordar

E bradar: Deus, sou imperfeito!

 

O amor e a paixão são assim

Realizam-se na imperfeição

Não devem explicações a meu cérebro

Somente a meu pulsante e esfuziante coração.

bem-e-do-mal-friedrich-nietzsche-109820

Anjos do Asfalto – O Sol – 1991

E aí, você acorda em uma segunda-feira qualquer, e um amigo (vocalista da banda na época e seu padrinho de casamento) posta na sua timeline do Facebook uma gravação em vídeo de um show que fez com você em 1991… Sem palavras!

Eu tinha 19 anos… Só 19 anos. Muita história nessa música!

Banda: Anjos do Asfalto (Cacau, Fabinho, Fabio Ottolini, Raul Silveira Simoes, Granamyr)

Música: O Sol

Autores: Cacau Hausen e Fábio Ottolini

Local: Duerê – Niterói/RJ

Ano: 1991

Eleições 2016 – Sugestões

Se você mora em Niterói, sugiro que vote em um dos seguintes candidatos a vereador:

Casota – 45678

Railane Borges – 23222

Sandro Araujo – 23003

Sim, conheço todos e sei que são boas opções. Em quem eu vou votar? Só posso votar em um deles. Ah, e o voto é secreto. 🙂

Para prefeito, só há uma opção: Felipe Peixoto. Não dá para seguir de Rodrigo Neves. Não mesmo! Definitivamente, o pior prefeito que Niterói já teve. Sem contar que é petista de carteirinha… É preciso dizer algo mais?

Observação: Se você é da cidade do Rio de Janeiro, deixa eu te explicar uma coisa… Quando você achava que Niterói era uma merda, Niterói era excelente. Depois que você passou a achar Niterói excelente, Niterói ficou uma merda.

Se você mora em qualquer outro lugar, acho importante que vote em pessoas que você conheça ou que sejam de fácil acesso. Os vereadores são mais importantes na sua vida do que você pode imaginar.

Lembre-se de votar em vereadores que dêem sustentação para o prefeito que você escolher. Não adianta nada eleger um prefeito com uma bancada inteira de oposição. Óbvio que a oposição é importante, mas precisa ser uma oposição responsável.

Renove! Não vote em velhas raposas, com lugares praticamente cativos na política.

Acho que é isso. Até!

cc3a2mara-samsung-3-1272

 

 

Licantropia

Nas paredes do meu quarto

Sombras criadas pelas árvores

As mesmas que me viram nascer

E que agora encenam, coreografam

Diante do olhar atento da Lua cheia

Histórias histéricas de prazer

 

Sob a direção da ventania

E de chuva que se inicia

Forma-se espetáculos magníficos

Que em algumas noites

Na vastidão destas algumas noites

Já foram para lá de horríficos

Depravados e torturantes

 

Não hoje; hoje não!

Resignadamente eu imploro…

 

O pulso acelera

O espetáculo na memória reverbera

A respiração ofegante

O suor ácido e borbulhante

Sangue abundante

Causticante

Que faz com que o eu homem

Se transforme no eu besta, fera

 

Maldita maldição!

Já não tenho mais controle

Sobre tal situação

Sou pura vingança, pavor

Ódio e desamor

Sedento por um coração

Que bate sem comiseração

E invoca minha destemperança

 

Maldita maldição!

Que uma bala de prata

Risque a noite

E transfixie meu coração

Que me liberte dessa prisão

Eis que diante da morte

Sinto da vida a maior sorte

Se amar é maldição

Rogo pela minha completa extinção

 

E pela manhã

De volta a minha cama

Roto, puro desgosto

Ainda vivo

Ferimentos que não se curam

Sangue que não se esvai

Dor que de mim não sai

Penso que deve ser assim

Este pejo que recai sobre mim

 

Perdoa-me, Deus…

Por todos os meus pecados

De ontem, de hoje, e de amanhã

Até que dessa vida eu possa dizer adeus.