Aquele que te amava

Eu era só aquele que te amava

Em qualquer tempo ou lugar

Na frente de tudo

Na frente de todos

Diante de mim

 

Eu era só aquele que te amava

Que esperava por um sinal

Um breve olhar

Um mínimo sorriso

Para viver o meu dia

 

Eu era só aquele que te amava

Que comemorava tuas vitórias

Tais como se fossem minhas

E ficava eufórico em te ver crescer

E em de alguma forma te fazer feliz

 

Eu era só aquele que te amava

Sem julgamentos ou motivos

Sem limites ou barreiras

Amor daqueles brutais

Amor de todas as maneiras

 

Eu era só aquele que te amava

Que se importava

Que chorava e sorria

Que era poesia

Que era lido e guardado

 

Eu era só aquele que te amava

Que fazia do impossível

Sempre, sempre possível

Para te ter ao meu lado

Para te fazer feliz

 

Eu era só aquele que te amava

 

Eu era só.

4 pensamentos sobre “Aquele que te amava

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s