Quatro Mestres!

Quatro mestres. Três deles já falecidos. Ainda assim juntos, eternizados por uma canção. Entre nós, o maestro Rildo Hora (gaita). No céu, em um lugar bem especial, o monstro sagrado Cartola, o épico e inalcançável Raphael Rabello, e o controverso Cazuza. É música para ouvir em silêncio absoluto.

Com vocês, “O mundo é um moinho”, uma composição do inesquecível Cartola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s