Fica!

No dia em que eu cansei

E exausto

Sucumbi

Você me atirou pedras

Não precisava…

Eu já estava sangrando

Diante dos seus olhos

Implorando por presença

Atenção

Sem saber que eu era invisível

Fiz tudo que eu podia

Fui compreensivo ao extremo

E no dia que afirmei que eu também existo

E que quero e preciso ser feliz

Tudo que tive de volta foi o seu silêncio

E mais pedras por eu não ser mais compreensivo

Por não conseguir mais ser assim

E o sangue se misturou com lágrimas

Com o peito dorido

Com a humilhação da indiferença

Do pouco caso

Do não sei

Do tanto faz

Das mensagens não lidas

Dos telefonemas não atendidos

De ser colocado no mudo

Talvez leia essas palavras e pense:

Dramático, inoportuno

Chato, inconveniente

E ainda assim eu achando

Que minha presença

Fazia toda a diferença

Em você, no seu mundo

Na sua vida

No amor que eu achava que você e eu sentíamos juntos

No dia que me cansei

E me arrastando

Me afastei

Eu só queria ouvir algo como

“Fica! Você é importante para mim!”

Só que nada ouvi…

Fui presenteado com mais silêncio

E desenganado

Esmoreci

 

Sigo caminhando

Sangrando por aí

E quem sabe, um dia

A vida me responda

Se consegui pelo menos por alguns instantes

Fazer você feliz

 

Era só isso que eu queria

Deus me conhece

Deus sabe o quanto te amo

Deus sabe o que há em mim.

m000433918

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.