Teu olhar

Este que fazes sem forçar
Que é tímido e discreto
Obsceno e direto
Misterioso e incerto
Um miríade de convites
Todos eles a me torturar

Cabelos que cobrem
O que precisa ser descoberto
Lábios que explodem
Que fascinam por completo
Presença que avassala
Água cristalina no deserto

E nesse meu sonho que tu és
Que vem, que vai
Devoro teus mistérios
Na certeza de que muitos são
Pois na tua pele eu encontro
Todos os meus desejos mais ébrios

O que pretendes?
Onde estás?
Para onde vais?

Talvez assim eu te encontre
Quer seja por mero acaso
Ou por seguir teu cheiro

Desejo-te

E meu desejo é mais que verdadeiro
Posto que tu és um universo inteiro

um-olhar-pode-dizer-o-que-milhoes-de-palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.