Em mim

– Se tu me amas, oferece AGORA o que de mais valioso tu tens!

– Mas já estou oferecendo!

– Como assim? Não vejo ouro, prata, diamantes… Do que falas, afinal?

– Ah! Minha amada… Falo do que não podes ver! Falo do intangível, do impalpável, do impagável, do imperecível! Falo do ouvido atento, dos beijos que te dei em pensamento… Falo dos abraços que inquestionavelmente e incondicionalmente te abraçam, da saudade que transformo em prece ou em ode pela tua vida, pela tua felicidade… Falo do que faço quando não estou diante de ti ou mesmo diante dos que nem sabem que tu existes… Falo da minha existência, da minha consciência e de tudo – de todas as coisas – que me fazem ser teu… Falo de um amor que transcende tempo e distância, de uma vida que, mesmo sendo minha, também é tua… Falo dos sonhos, que tenho por ti e por mim… Falo dos sorrisos que me roubas sem saber que o fazes… Falo do desejo e do fogo que aquecem meu corpo, das fantasias que só podem ser realizadas por ti… Falo de eu te achar a mais linda de todas, ao ponto de achar que as outras sequer existem… Falo do tempo que nunca mais volta, e de todas vezes que, diante das maiores tempestades e infortúnios, eu conscientemente te escolhi… Falo de mim, como se eu fosse parte de ti… Ah! Minha amada… Isto é tudo que tenho para te oferecer, e falo com meu peito aberto e meu coração em tuas mãos. Eu te amo. Esse é o ouro, a prata e os diamantes que tenho a oferecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.