Retumbante

Há tanto

Um grande tanto

Ferido

Que vive pelos cantos

Escondido

 

Há sorrisos em prantos

Há o que se ignora

Mas que de fato ainda existe

Sob as máscaras do agora

 

Há o que foi dito

O que precisa ser dito

O inaudito

A fuga e a negação

Do conflito

 

E há o tempo que passa

Cadenciado

Desapercebido

E que mantém incólume

Essa eterna ode

Que toca no coração que bate

Retumbantemente aflito.

a-cura-para-o-coracao

2 pensamentos sobre “Retumbante

  1. Pingback: Poesia Retumbante do Fabio Ottolini #28 – Misttura Criativa

  2. Pingback: Retumbante – declamada por Michelle Cruz | AGORA BABOU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.