Feliz Ano Novo – 2020

E então, chegamos ao fim do ano, mas não chegamos ao fim. Que isso fique claro.

Que 2020 seja repleto de aprendizados e recomeços (quando estes forem necessários). Que os tropeços nos façam rir e que as lágrimas sejam só de felicidade. Que Deus esteja no controle, e que tenhamos fé suficiente para saber que no fim (não necessariamente no fim do ano) tudo ficará bem. É só uma questão de tempo, de esperança.

Obrigado a todos que aqui estiveram brindando o meu blog com a sua presença. Sinto-me honrado por ter conseguido alcançar mais e mais pessoas, na certeza de que aqui falo basicamente de uma única coisa: o amor, que é o sentimento mais importante e sublime que existe.

1 Coríntios 13

1 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

3 E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

5 Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

6 Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

7 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8 O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9 Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10 Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12 Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

FELIZ ANO NOVO!!!

Cozinheiro chefe

E nessa noite de festa
Ao som dos fogos
Que iluminam o céu
Meu coração se agiganta:
Pura esperança

É que a vida se mostra
Simples e boa
Farta e completa
Sendo a incerteza
O tempero da vida
E Deus
Seu cozinheiro chefe.

Feliz Natal – 2019

São 21h48, e eu estou em casa, no ar condicionado, pensando no que aconteceu nos últimos dias. A chuva cai pesada, e toda vez que ouço e sinto o cheiro de chuva, percebo que é o momento perfeito para refletir, meditar.

Esse fim de ano tem sido bastante incomum. Tenho revisto amigos de 30, 40 anos atrás… Tenho sido constantemente relembrado de quem eu sou, de quem eu era… E fiquei surpreso, literalmente, com a memória das pessoas.

Sei que quem bate esquece e quem apanha nunca esquece, mas Deus resolveu me dar de presente de Natal momentos em que eu fiz a diferença na vida das pessoas. Momentos nada extraordinários (sob minha visão), mas que serviram de alguma forma para amenizar a dor dessas pessoas, sobretudo em momentos extremamente difíceis.

Eu não vou entrar em detalhes (são desnecessários), mas os presentes que recebi não foram ouro ou prata, mas reconhecimento pela amizade, pela lealdade, por tudo que sempre entreguei na vida das pessoas sem pensar duas vezes, sem pensar se eu poderia me beneficiar daquela situação de alguma maneira. Coisas que entreguei de coração.

Durante essa caminhada, houve momentos em que eu disfarçava e ia chorar no banheiro. Não por estar triste ou algo assim, mas por perceber que Deus me deu um dom único, inequívoco, que é o de tentar fazer o bem não importando a quem. Essa é a minha missão. Esse é o meu super poder (quem me lê habitualmente sabe muito bem o que quero dizer com isso).

Escrevo isso com orgulho porque sou cristão, mas também com certa dor por perceber que em N momentos eu me negligenciei em função de terceiros, quer seja pessoas que eu amava ou sequer conhecia. Essas coisas não eram e não são forçadas: são a minha natureza. Eu abro mão de mim pelos outros. Babaca? Ok… Respeito a sua opinião.

Então, nesse Natal, ao invés de pedir… Aliás, vou pedir: quero que Deus me dê mais do mesmo. Quero agir em nome Dele, na certeza de que tudo mais me será acrescentado. E por mais que esse texto parece um tanto quando presunçoso, a grande verdade é que sinto profundo ORGULHO de já ter me feito presente na vida de gente que precisava infinitas vezes mais do que eu. E sei… E como sei… Que Deus será generoso o bastante comigo para me acudir e acolher diante de minhas privações.

O mal não me alcança. As flechas me erram. Não porque sou especial, mas porque reconheço a minha pequenez diante da imensidão das obras de Deus. Há um cara “lá em cima” que me usa, entenderam? E o meu maior prazer é servi-Lo. EU SOU UM SERVO DE DEUS!

Que Deus continue, nesse Natal e no ano de 2020 que se aproxima, a fazer de mim um instrumento para tornar a vida das pessoas um pouco melhor. Eu descobri que é isso que me faz ser uno com o meu criador. E que assim seja!

FELIZ NATAL! Que Deus nos abençoe e que nos lembremos SEMPRE de que nosso principal objetivo na Terra é SERVIR, e que por mais que caiam lágrimas por sobre a nossa face, estas são doces diante do quanto o Cristo sofreu na cruz por nós.

Um agradecimento especial a Minha Mãe Nessa Senhora de Fátima. Se Deus a escolheu para trazer seu filho unigênito, não há como não pensar que essa é a mulher mais sagrada e pura que já existiu.

Iahweh e Orquestra Filarmônica do Cone Leste Paulista: Neblim

Publicada originalmente na Páscoa aqui no meu blog, mas no Natal também me parece ser apropriada a sua publicação. E mais uma vez: música cristã (eles são católicos), Heavy Metal e um arranjo orquestral majestoso! É IMPOSSÍVEL não reconhecer a grandeza dessa obra.

P.S.: Confie SEMPRE nos seus ouvidos e não nos julgamentos feito por pseudo entendedores de música.

AGORA BABOU

Apenas ouça. Faça esse favor a você mesmo. Arranjo enlouquecedor, músicos MUITO acima da média, falando de Deus…. Para ser melhor ainda, mistura uma orquestra filarmônica com som pesado. Uma das coisas mais bonitas que já vi na minha vida.

É Páscoa. Deve ser isso. Obrigado pelo presente, Jesus!

Ver o post original

Comfortably Numb – Sons of Apollo

This song from Pink Floyd does not need an introduction. I remember watching this video for the very first time and thinking: “Yet another cover.” My bad.

Feel Pink Floyd in a whole new level, in a new dimension. I feel very emotional when I hear it. Good job, my favorite musicians of all time! Praise Pink Floyd for their creation!

Amo te amar

Te amo do jeito mais puro
Do jeito mais sincero
Que se pode amar

Não tenho orgulho
Despi-me do ego
E isso para mim é amar

Não és minha vida –
Eu me basto –
E por isso posso te amar

Eu me ofereço todos os dias
Dou-me em todos os instantes
É dessa forma que sei te amar

E meu amor é atemporal
Não passa e nem vai passar
Essa é a certeza que tenho ao te amar

E se nem tudo é perfeito
Eu erro tentando fazer direito
Aprimorando a maneira de te amar

Sozinho ou na multidão
Há no meu peito um coração
Que só sabe fazer te amar

E te amando eu vou
Oferecendo tudo que sou
Porque assim é o meu amar

E hoje, não poderia ser diferente –
Não sei ser diferente –
Carrego em mim o teu amar

Amo como só eu sei fazer
Nas pequenas coisas, em tudo
Porque tudo é te amar

E se ainda não ficou claro
Repeti amar em todas as estrofes
Para que saibas o quanto amo te amar.

Liberte-se!

Ninguém gosta de sentir dor, quer seja essa dor física ou psicológica, mental. E na tentativa de não sentirmos, nos deparamos com as frases magistrais do poeta Renato Russo: “E toda dor vem do desejo de não sentirmos dor” ou mesmo “E o teu medo de ter medo de ter medo…”

Parece um mero jogo poético de palavras, mas não é. Nós fugimos da dor e com isso sentimos mais dor. O meu foco, no caso, são as dores da alma. As físicas, que muitas vezes têm a sua origem na alma, também fazem parte dessa minha análise.

O que nos dizem os amigos? “Ligue o fod****! Desapegue-se! Deixe ir!”, como se fôssemos capazes de, através desse truque, tirar de dentro de nós mesmos algo que está vivo e presente, em todo e qualquer instante, incrustado em nossa alma.

Isso foi verdadeiro para mim durante grande parte de minha vida, até que fui apresentado ao Estoicismo e me dei conta que a dor precisa ser enfrentada, encarada e vivida para que possa ser entendida e dissipada.

Recentemente, ouvi de uma pessoa muito querida que a sua terapeuta disse a ela o seguinte: “Será necessário que você sinta todas essas angústias das quais reclama para que elas se dissipem.” BINGO! É exatamente disso que estou falando.

Sentir significa abraçar a dor, a angústia. Trazer para perto. Olhar de perto. Esses sentimentos não surgem por acaso. São mensagens de Deus, da vida, do Universo, nos chamando para um novo nível de consciência, e a negação desse processo gera apenas o que se pretende evitar sobremaneira: mais dor.

Chame a dor, a angústia, para sentar no seu colo. Converse com ela. Chame-a para um café. Veja o que ela tem a lhe dizer. Olhe-a nos olhos. Faça isso quantas vezes forem necessárias, até que você se torne íntimo dela. E então, você será capaz de transmutar a sua dor em crescimento, em ações, em atitudes. A dor e a angústia permanecerão enquanto não forem abraçadas de uma vez por todas!

Há outras alternativas, claro. O álcool, o “out of sight, out of mind“, a manutenção de comportamentos nocivos, e toda e qualquer outra tentativa vã de fugir do “chamado”. Isso vai apenas adiar o problema e evitar que você alcance o que a vida de fato está tentando fazer você enxergar, sentir. Vai apenas fazer você adiar o inevitável. E quer pior do que descobrir o que era inevitável apenas quando não houver o que possa ser feito?

Portanto, chega de fugas! Chega de inventar desculpas! Chega de fugir de si mesmo! A vida é como ela se apresenta. Se alguma situação se mostra especialmente desafiadora, está nela a sua oportunidade e o caminho para ser o que a vida espera que você seja. Está nela a oportunidade de ser o que você nasceu para ser.

P.S.: A vida só apresenta grandes desafios para quem é capaz de encara-los de frente. E a vida só faz isso para que você tenha o melhor que ela é capaz de oferecer. Agradeça!

Você não é substituível!

Normalmente, eu escrevo um texto e procuro uma imagem ou frase que tenha a ver com ele. Hoje, faço o contrário.

Passeando pelo Pinterest, encontrei a frase que está no final desse texto.

Somos criados (eu pelo menos fui) diante da máxima “ninguém é insubstituível”. E de uma forma ou de outra, essa frase é uma grande falácia. Ela parte do pressuposto que a vida é uma espécie de competição, onde temos que nos posicionar de maneira superior aos demais para não sermos substituídos. Talvez haja verdade nisso em se tratando de ambientes estritamente profissionais, mas a vida é bem mais do que mero profissionalismo…

Eu tenho qualidades e defeitos. Todos temos. Em nossa jornada pelo mundo – nossa vida, somos constantemente bombardeados pela sensação de que devemos seguir um determinado padrão para que a aceitação venha. E nos culpamos e até mesmo nos rejeitamos por conta disso. É um eterno jogo do tipo “se eu fosse assim, a minha vida seria melhor”. Ledo engano.

Eu, Fábio, sou único. Sou um conjunto de experiências e histórias, de vitórias e derrotas, que me fazem ser eu, Fábio. Percebem o poder disso?

Há pessoas que pensarão em você e sentirão em você (e por você) somente o que VOCÊ pode dar, o que somente VOCÊ pode ser. E justamente por isso, no dia de hoje, seja lá quem você for, gostaria de deixar claro que VOCÊ é especial e que EU também sou. E sim: sermos o que somos é de fato um super poder.

Não deixe que um dia difícil ou um momento difícil defina a sua vida. Não deixe que a opinião de uma pessoa (ou grupo de pessoas) seja algo limitante ou mesmo constrangedor. VOCÊ É VOCÊ E SÓ VOCÊ SABE SER ASSIM.

Em busca da melhor versão de nós mesmos – SEMPRE!!!, mas na certeza de que somos o bastante e que somos capazes de, de alguma forma, fazer a diferença no mundo e nas pessoas que nele habitam.

VOCÊ tem superpoderes e EU também. Seja bem-vindo ao clube. Nós somos insubstituíveis. 🙂