A pulga

Ele não a vê. Ele só a sente na pele, por todo o corpo, na mente. Ela é dele. Ela está lá. Nunca o abandonará.

Não há remédio, reza, oração, prece, promessa, jura, simpatia, garrafada ou algo similar para dela se livrar. Ela é dele. Ela está lá. Nunca o substituirá.

A pulga atrás da orelha está presente, em todo o tempo e qualquer lugar. Ela é dele. Ele é dela. Ela é dele. Ele é dela. Ela é dele. Ele é dela…

6 pensamentos sobre “A pulga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.