Análise: a priori vs a posteriori

O mundo seria melhor se as pessoas soubessem que a análise a priori e a posteriori são dois bichos completamente diferentes.

Exemplo prático

Análise a priori
Jogador de futebol, ao bater um escanteio, decide que o melhor é cruzar a bola no primeiro pau.

Analise a posteriori
O mesmo jogador, revendo o replay várias vezes por diversas câmeras, se dá conta que melhor teria sido cruzar a bola no segundo pau, pois havia um jogador completamente desmarcado.

A análise a posteriori vai mostrar erros, acertos e consequências de uma determinada decisão após a passagem do tempo. Tende a ser precisa, cirúrgica. A análise a priori para a tomada de decisões, ao contrário, toma como base as melhores informações disponíveis até momento que antecede a decisão. Dada a sua natureza, é por definição incerta e com consequências imprevisíveis, tanto no sentido positivo como no negativo. É uma espécie de aposta.

Para simplificar ao extremo: a diferença entre as duas é o tempo. Usando o exemplo, o jogador não vai poder voltar no tempo, mas é bem possivel que tire dessa análise importante lição para o futuro.

6 pensamentos sobre “Análise: a priori vs a posteriori

Deixe uma resposta para Fabio Ottolini Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.