Boletim de Notícias

Tramita na Câmara dos Deputados Projeto de Lei que torna obrigatória a reencarnação, para que Cabral e José Dirceu, por exemplo, possam pagar por todos os seus crimes. A estimativa é que os dois precisem reencarnar pelo menos 7 vezes para que suas penas possam ser cumpridas.

A tramitação é lenta, entretanto. Alguns alegam que a reencarnação já existe. Para estes, Lula seria a reencarnação de um jegue, fato que está sendo contestado pela SUIPA no STF. O relator do processo, Ministro Barroso, já se mostrou favorável à mudança do termo jegue para “animal de quatro patas, ruminante, e desprovido de qualquer tipo de inteligência”. Essa alteração conta com o apoio dos juristas Dr. Tomás Turbando e Dr. Cuca Beludo.

A bancada evangélica promete obstruir a pauta. Não se sabe se por questões dogmáticas ou para evitar que membros da igreja sejam obrigados a reencarnar para cumprir por todos seus delitos.

Já a bancada da bala, prefere enviar Cabral e José Dirceu logo para o além túmulo, desde que estes assinem um termo circunstanciado se comprometendo a se apresentar em uma eventual próxima vida, quer seja na forma animal, vegetal ou mineral.

A bancada LGBT, liderada por Jean Wyllys, quer que seja inserido no Projeto de Lei um dispositivo para que o sexo possa ser escolhido antes do processo reencarnatório, com possibilidade de revisão de gênero quando o reencarnado completar 7 anos.

Já a bancada da chupeta, seguindo as determinações de seus respectivos partidos, mostrou-se favorável à reencarnação. Informações obtidas com exclusividade pelo blog confirmam que o objetivo é garantir a continuidade dos mandatos parlamentares nas próximas encarnações. Ainda não há consenso se tal benefício se estenderia aos suplentes dos parlamentares.

Consultado como seria a tramitação do Projeto de Lei, o Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Rodrigo Maia, balbuciou algumas palavras, babou e adormeceu em posição fetal.

De Niterói, Fábio Ottolini

Próximo tópico: STF analisa se uso de Caixa 2 em dízimo ou oferenda configura crime.

boletim-noticias

Terça-feira é dia de promoção no Domino’s!

E lá fui eu pedir minhas pizzas. Pague um preço absurdo por uma e leve duas, de maneira que o preço fica justo. Pedi, disse que ia pagar com cartão, e fiquei esperando. Chegou antes do prazo previsto até. Mas não é esse o foco.

Niterói, a cidade sem prefeito, está sendo consumida pelos mosquitos. Aliás, ela é regida por mosquitos. Há mosquitos em todos os lugares. Vários deles são ninjas e alguns resistentes até mesmo a uma explosão nuclear. Lembro-me de um filme que retratava as baratas como as únicas sobreviventes de um holocausto nuclear. MENTIRA! Tenho certeza que seriam os mosquitos. E pior… Por conta da radiação, sofreriam algum tipo de mutação e seriam dantescos! Tenho certeza que no Nono Círculo do Inferno de Dante há muitos mosquitos, muito embora isso nunca tenha citado abertamente pelo autor.

E eis que chega o entregador de pizza na porta de minha casa, sendo que eu sei que vários mosquitos sempre se aglomeram por ali para dar o bote naquele horário. Fiquei na dúvida se eu deveria abrir a porta ou não. De fato, por alguns momentos achei que deveria deixar o entregador ser devorado por aquelas feras para que elas, mais lentas, fossem menos letais após eu abrir a porta. Desisti da idéia e peguei uma raquete daquelas que eletrocutam insetos voadores. A fome falou mais alto.

Abri a porta já agitando a raquete. O entregador se assustou, claro. Era nítido nos olhos dele que eu era, no mínimo, muito doido. Vi-me assim nos olhos dele e não me importei. Ele me entregou a máquina para passar o cartão de crédito, e eu percebi que tinha que parar de agitar a raquete para pegar meu cartão e digitar a senha. QUE DESESPERO! Como eram petistas os tais mosquitos! Dei mole e um esquadrão entrou pela minha casa. Não digitei a senha e fui atrás deles. O entregador continuou esperando com a cara mais “WTF???” que eu já vi na vida. E para evitar vergonha maior, desisti dos mosquitos, digitei a senha, peguei as pizzas, me despedi do entregador e parti para o corredor. Querem sangue? Que assim seja!

Tranquei-me do lado de fora do apartamento com os mosquitos. Tirando o fato de eu não ser Jedi e os mosquitos não serem Storm Troopers, foi uma batalha digna de ser transmitida pela TV. Os mosquitos sendo dizimados pela minha raquete… Aquele cheiro de churrasco impregnando o ar. Mosquitos queimados lembram churrasco, falando nisso. De alguma forma, cada mosquito morto representava um espécie de troféu, ainda que levemos em consideração que mosquitos são infinitos. Não importa se você acredita ou não. Mosquitos são infinitos. Alguns, inclusive, ressuscitam. Nunca duvide disso.

E a pizza? Bom, a pizza estava boa. Mas e o tal do esquadrão que falei que invadiu a minha casa? Batalhei com eles comendo pizza. Tenho certeza de que não matei todos, mas alguns deles jamais poderão ter filhos. Aliás, a grande verdade é que as fêmeas que atacam, e acabei de chegar a conclusão que, na forma humana, elas são conhecidas como “feminazis”. E isso explica o porque de eu fugir delas sempre!

Da próxima vez, vou fazer essa cena toda antes do entregador chegar. Ele pode até não ter entendido o que aconteceu, mas fato é que sabendo desses mosquitos petistas na porta da minha casa, doidos por alguma espécie de pão com mortadela, não posso desistir sem lutar. Seria decretar o meu próprio fim.

mosquitos-aedes-aegypti-1449085758031_956x500

OlimPiadas

Cariocas e fluminenses, ainda que inconscientemente, se acostumaram com a rotina de medo vivida no Estado do Rio de Janeiro. O direito de ir e vir, até mesmo dos policiais e das forças de segurança em geral, não está garantido. Vamos e não sabemos se voltamos. Simplesmente arriscamos. Roleta russa.

E no meio disso tudo, as Olimpíadas. Ufanismo e demagogia puros. Forças Armadas nas ruas para garantir a segurança da população? Não! Para garantir a segurança dos turistas e das delegações internacionais.

Sinto-me como um cidadão de segunda classe em meu país. Meus governantes não estão preocupados com quem eu amo. Preocuparam-se apenas em superfaturar, roubar, subverter e mamar nas tetas fartas do estado de todas as formas possíveis. A morte de um brasileiro por conta da violência não é nem mais notícia de jornal! Aliás… O que faz o Beltrame na Secretaria de Segurança Pública depois de já ter demonstrado toda a sua incompetência inúmeras vezes? Creio que já são mais de 10 anos de um modelo falido e sem futuro! Por que insistir no que sabemos que não dá certo?

Tenho certeza de que o mundo não verá o Brasil dos brasileiros, mas sim o Brasil dos contos de fadas, de bundas perfeitas, de sexo e drogas abundantes. Será uma experiência inesquecível para todos eles. Putaria generalizada patrocinada pelo dinheiro público (NOSSO DINHEIRO!!!), enquanto a população sofre em todos os sentidos possíveis.

Para os nossos governantes, a população brasileira é um mal necessário. Nada além disso. E para os brasileiros, o legado olímpico será contas para pagar e talvez mais uns 2 ou 3 vírus para serem transmitidos pelos mosquitos. E os turistas estarão sambando, ainda que não saibam, em rios de sangue. Culpa deles? Claro que não! A culpa é inteiramente NOSSA!

Que Deus nos proteja! Só que caso não façamos a nossa parte, até mesmo o todo poderoso virará suas costas para nós.

index

Drama para a Geração Twitter

Festa Beijos Namoro Sexo Gravidez Casamento Nascimento Separação Reencontro Ciúme Assassinato Fuga Vingança Filho Suicídio #MelhorDrama2016

14105379

Ex Cidade Maravilhosa

No Rio de Janeiro, só há duas estações no ano:

  1. Inferno, que dura cerca de 360 dias no ano;
  2. Inverno, que dura uns 5 ou 6 dias, com temperaturas típicas dos polos.

Como não dá para sair correndo pelado por aqui no inferno (nem seria aconselhável, sob risco de multa por poluição visual em alguns casos), gastamos uma fortuna de ar-condicionado. Não satisfeitos, depois gastamos fortunas tratando alergias por conta dos casacos mofados que passamos a usar quando a temperatura polar chega, que como todos sabem, é algo em torno de 20 graus Celsius.

Enfim… Cada povo tem as estações que merece, e o cheiro dos transportes coletivos não fica nada agradável durante o inferno.

Quer vir ao Rio de Janeiro? Venha de férias, se hospede em um hotel, e curta sua praia… No dia-a-dia, duvido que seja melhor do que qualquer lugar ruim para se viver. A “Cidade Maravilhosa” já perdeu quase todos seus encantos. O que ficou mesmo foi o pranto.

645604025332762

Nunca brinquem quando forem doar sangue!

– O senhor tem alguma doença sexualmente transmissível?
– Não.
– Já teve hepatite?
– Não.
– Dormiu bem essa noite?
– Sim.

– Ok, o senhor está apto a doar sangue. Como não é a primeira vez que doa, já sabe como proceder após a doação, correto? Precisa se hidratar, não pode fazer força com o braço, não pode beber hoje…
– Como assim não posso beber hoje?
– Não pode por conta da doação…
– Então, não vou doar! (levanto-me e finjo que vou embora)
– …
– Oi, era só uma brincadeira…
– O senhor é dependente do álcool?
– De forma alguma… Eu estava brincando…
– O senhor está fazendo tratamento para se livrar da dependência?
– Eu estava brincan…
– O senhor bebeu hoje???

15 minutos depois…
– Ok, mas não brinque assim novamente. Nosso trabalho é muito sério.
– Eu sei… Eu estava só brincando, já disse.
– Quantos anos o senhor tem?
– Quarenta e quatro.
– Não parece…
– Isso foi um elogio?
– Não.

Carta-resposta revelada!

Prezado Xexéu,

Não se faz um omelete sem coçar os ovos, sendo que alguns podem ter o Zika vírus. Política é algo sério e por isso não vou ficar fazendo piadinhas com cachorro morto, até porque você sabe que eu acho que a figura oculta atrás da criança é um cachorro. Vivo, claro. Cachorro morto não se mexe. É como se fosse um cachorro muito cansado. Porque o cansaço dá isso. Essa sensação de morte mesmo vivo. O cachorro pode estar morto e vivo ao mesmo tempo.

Dispensei meus assessores, inclusive os que fazem trabalho de jardinagem. Tinha 2 aqui embaixo de minha mesa agora trabalhando, mas não quero que eles vejam as nossas intimidades. Eu e você já fomos parceiros e quero lembrar para sempre de tudo que já fizemos juntos, mesmo você sendo um tremendo de um filho da puta!

Veja bem… Não houve apagão no processo de impitiman. Teve um afro-descendente out. Tomei as medidas necessárias e a bancada dos Afro-Descendente Blocs imediatamente quebrou 10 urnas que seriam usadas na votação da Câmara e o ministro Facin deu uma liminar nos favorecendo. Saporra toda ainda é nossa, Xexéu! Se preciso for, coloco laxante nos comes e bebes dessa comissão! Essa merda não vai para frente nem que a vaca tussa (adoro essa frase!).

A gente controla todos os orgãos do poder executivo: STF, TSE, PF, PRF, Receita Federal, Despesa Federal, MPF, MP, AGU, PGR, PSDB, Petrobrás, BNDES, CEF, BB, CAF, STJD, CNBB, IURD, Câmara dos Vereadores da Serra da Saudade, isso só para citar alguns… Você realmente acha que esse impitiman vai pra frente? Deixa de ser burro, Xexéu!

O dinheiro tá acabando, mas apesar de você discordar, aquela máquina de imprimir dinheiro é nossa sim! Tem até uma etiqueta dizendo que á ativo do governo, o que eu acho preconceito. Não me importa se é ativo ou passivo. O preconceito não é uma das marcas do meu governo. Eu já deixei e vou continuar deixando um legado de diversidade.

Aliás, estou sempre antenada no que acontece no Face. Sigo o deputado Jeanus, o deputado Felicianus, e até o deputado que já já coloca a família inteira no Congresso, que é da bancada da bala e come esses dois primeiros que mencionei. E por isso mesmo te digo que os gays, os ex-gays, os que vão ser gays, as feministas, os machistas, os malabaristas e todos os istas nos apoiam, Xexéu! Entra no perfil de uma muchibenta cabeluda no Face para ver. É Dilma de alto a baixo. Se eu mandar eles escreverem Dilma na pentelhada, elas escrevem. O mesmo se dá com os gays. Se eu disser que comer cenoura por trás alimenta mais, eles vão fazer! É tudo massa de manobra nossa, Xexéu!

Sem contar nos pobres, né? Sejamos sinceros: a pobreza é um dos grandes pilares do meu governo. Eu estava lendo aquele livro… Qual o nome mesmo? Não importa! Nele o homem diz que a maior pobreza é a pobreza de espírito. E como todos eles tem espírito, não se dão conta de que são pobres. É só a gente lançar mais alguns programas do tipo Minha Casa, Minha Vida, e vai ficar tudo bem. Eu estava pensando até em distribuir vibradores e bucetinhas falsas para o povo não ficar dizendo que só eu que fodo com eles. Burro é você, Xexéu! De que adianta falar bonito para um povo burro para caralho? Eles entendem meus discursos e adoram! Que culpa tenho eu se você estudou? Mas isso é coisa para gente discutir no motel, tomando um espumante e fazendo um 120, que é um 69 com uma garrafa de 51 que o Brahma me deu enfiada no meu cu.

Eu fico triste com esse seu sentimento derrotista. Casou com uma gostosa (tenho inveja de você nesse sentido), é respeitado por todo mundo apesar de fazer merda no governo faz uns 100 anos, e ainda assim está abandonando o barco. Aliás, eu não entendi essa parte do barco. Eu não tenho barco. Quando eu preciso de barco, uso algum da Marinha ou algum que foi apreendido e vai para leilão. É disso que você está falando? Eu peço para a Marinha deixar você passear com a gostosona! O Brasil é nosso, porra!

Eu tinha planos para nós dois (vou esquecer a gostosona por alguns instantes). Baixando essa poeira do impitiman, o shopping center do Congresso seria todo nosso! O primeiro andar, aquele das lojas mais caras, seria todinho do seu partido e do meu, e todo coberto de mármore da Caralha como você disse que gosta. Como eu tenho que agradar a oposição, colocaria a bancada da bala no último andar para eles poderem atirar para cima, mas só de sacanagem colocaria o pessoal dos direitos humanos, os evangélicos, os abortistas e os emplumados todos no mesmo andar. Eu iria instalar um circuito de câmeras e ficar assistindo aqui do gabinete, só na siririca, enquanto eles brigam e desempenham seus papéis secundários. Claro que eu ia fazer um parquinho também para aquela moça da ecologia, a Mr. Splinter, e também para o senador Calado colocar os seus bois, pois ele anda falando demais!

Continua sendo apenas uma marolinha. Mas não se engane. Eu sei que o Brahma quer me foder! Ele que divulgou a sua carta. No que depender dele, eu pego uma pet de 15 litros de Coca cheia de bala Mentos, enfio no meu cu, explodo, e ele volta como salvador da pátria em 2018. Mas eu já disse: controlo tudo do executivo, até mesmo o pessoal do Sírio Libanês. Eu tenho planos, Xexéu. Estocar vento é apenas uma idéia no meio de muitas que eu tenho. Você precisa acreditar em mim. Eu sou a mulher sapiens! Esqueceu disso?

E eu não podia deixar de falar das putinhas emplumadas. Sei que você acha que elas são rebeldes, mas o Xinxa Man está mais preocupado com a carreira e o Senhor Real está fechado comigo. Ele fala o que eu digo para ele falar. Ele é inteligente, e por isso mesmo sabe reconhecer uma inteligência superior como a minha. Ele é a minha putinha particular. Ele fode com o Brahma também, mas eu não sou ciumenta. Tudo pela causa. Tudo pela nossa causa. Mandei até colocar um forro de São Paulo no teto lá de casa. Era uma piada. Entendeu?

E por fim, queria falar sobre os tais 30 juristas que eu trouxe aqui. Todos eles juraram de pés juntos que o pedido de impitiman é uma farsa. Sabe o que são 30 pessoas jurando, todas elas sem os dedos cruzados? Eu mesma verifiquei isso! E para seu governo, mesmo o governo sendo meu, o Bispo estava aqui. Ele disse que se Salomão não vai até a montanha, a barragem pode se romper e dar merda. Aliás, precisamos conversar sobre isso. Por essa merda eu não esperava. Eu assino um monte de papel sem ver, mas espero que nossos parceiros tomem o mínimo de cuidado. Tenho certeza que, com minhas preces, São Marcos vai nos livrar de mais essa!

Vem aqui na minha sala para a gente tomar um Nespresso, Xexéu! Temos também que conversar sobre a tal delação premiada do senador Vencídio e também encontrar uma maneira de cortar o pau já pequeno daquele japonês maldito. Tenho pesadelos terríveis com ele e nos meus sonhos o nome dele é Kid Bengala.

Continuo sendo toda sua e o Brasil continua sendo todo nosso! Vamos pedalar muito ainda, até as beiça da minha xereca assarem de tanto roçar nos bancos públicos e privados.

Com amor,

Presidenta (MINHA MANDIOCA ENTRANDO NAS SUAS VENTA – CHUPE MEU GRELO ENTUMECIDO!)

P.S.: Avisa para o Baterista que a batata dele está assando e que eu gosto daquela batata francesa, a tal de batata ao murro! E controla os vagabundos do seu partido, porra! Já já eu arrumo um jeito deles receberem algum agrado.

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Esta é uma carta-resposta. A carta original pode ser encontrada em https://agorababou.wordpress.com/2015/12/08/a-verdadeira-carta/

Essa é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos reais é mera coincidência. E para deixar claro: O TEXTO É DE MINHA AUTORIA.

eu_amo_pedalar2

A verdadeira carta…

Prezada Presidente (PRESIDENTA PORRA NENHUMA – SEMPRE QUIS DIZER ISSO),

Só quero deixar claro o seguinte: não vou afundar nessa porra de barco junto com você e muito menos com seu partido. É sério. Chega! Não dá mais!

Antes, ainda rolava um “faz me rir” para o pessoal do meu partido e tal. E agora? Acabou a porra da grana! Não tem mais “arrego”, “agrado”, ou nada do tipo. Qual o benefício de permanecer ao seu lado como vice-presidente? Para bancar uma de poste, já basta a senhora!

EU EMBURRECI! Cada discurso seu me fez ficar mais burro. O país inteiro ficou mais burro por sua causa. Cada vez que você abre a boca, até o diabo coloca um protetor auricular. E sim, eu sei que a senhora não sabe o que é auricular. FODA-SE! Já parou para pensar no nível de esforço necessário para ficar com cara de quem está gostando de seus discursos? Todo mundo tinha que ganhar adicional de insalubridade por estar a seu lado!

Sempre disse para a senhora e a senhora nunca levou fé:

Meu partido = Dinheiro

Seu partido = Dinheiro + Poder

Vocês controlam a porra toda nesse país! Tem o tal poder que vocês tanto queriam, mas como acabou a porra do dinheiro, agora acabou a porra do amor. Nós tínhamos uma parceira público partidária. Não temos mais. Não adianta insistir.

Pensa bem… Como é que a gente vai superfaturar nessa porra? A Petrobrás está vendendo almoço para comprar jantar. Os empreiteiros, todos presos. Tem pirocas do TCU querendo comer nossos cus vindas de todos os lugares! E a tal Operaçao Zelotes? E por que? Porque a senhora é uma BESTA! Até a obra do meu banheiro, toda feita em mármore de Carrara (não é caralha – já disse umas 100 vezes!!!) eu tive que parar! Sei que até hoje não entendeu, mas o fato da gente controlar as máquinas que imprimem dinheiro não faz de nós milionários para sempre. Tudo tem limite. Menos a sua burrice, claro.

Sei que ainda tem um pessoal do meu partido que está na dúvida. Esses que estão na dúvida estão mais cagados do que pau de galhinheiro ou são tão burros quanto a senhora. Não faz diferença! Na hora H, para livrar o rabo deles, vão ficar todos do meu lado. É só pagar para ver.

E outra coisa… Sei que a senhora acha os emplumados as putinhas do seu partido. Todo mundo sabe disso, mas a senhora acha que, com o barco afundando, algum deles vai ficar com a senhora? Tá de sacanagem, né? Já imaginou o Xinxa Man, que se julga um estadista (é um bostinha!), abertamente defendendo a senhora e o seu partido? Só fazem isso por detrás dos panos!

Eu espero, para o seu próprio bem, que a senhora renuncie. Vai ser menos traumático. Já que o pessoal fala que a senhora adora uma porra de uma pedalada, compra uma bicicleta, nem que seja elétrica, e vai dar uma volta. Some! Desaparece! Vai catar vírus em ovo! Vai botar pasta dentro do dentifrício! Vai ler aquele livro que a senhora nunca leu! Vai fazer aula particular de Matemática! Faz terapia! Descubra o seu verdadeiro eu e algum tipo de vocação. Conselho de ex-amigo. Some enquanto ainda dá tempo!

Em caso de emergência, já que tem pessoal das igrejas que tem adoração pela senhora, diz que estava possuída! Pede um exorcismo! Chama o Padre Quevedo e o Bispo Macedo para dar mais credibilidade. Transmite ao vivo via pay per view! Fala com uma voz mais grossa e vomita na cara das pessoas. Tipo o filme “Exorcista”. Vê que a senhora vai gostar. A protagonista lembra muito a senhora discursando.

Bom… Vou me despedindo. Não adianta oferecer ministérios (de que servem ministérios sem orçamento???) ou algo parecido. Não dá. O baterista já disse que como o nome dele tá nessa lama toda e a senhora não quis fazer um acordo de salvação premiada, que agora é tarde.

Fui! Manda um abraço para o Brahma! Boa sorte para vocês! Vocês vão precisar! Trocadilho de despedida: não tenho nada a TEMER. Entendeu, né?

Att,

Vasco-Presidente

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

A carta-resposta pode ser encontrada em: https://agorababou.wordpress.com/2015/12/09/carta-resposta-revelada/

Essa é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos reais é mera coincidência. E para deixar claro: O TEXTO É DE MINHA AUTORIA.

eu_amo_pedalar2