In Vino Veritas – Pinot Grigio

Duas garrafas de vinho vazias. Feito lentes de um par de óculos, que revela toda e qualquer verdade. Oráculo do que já se é e ainda assim se almeja ser.

In Vino Veritas

E uma vez vista, a verdade não pode (e nem deve) ser desvista.

Liberdade

Liberdade não é dançar como se ninguém estivesse vendo
Mas dançar, do seu jeito, da sua maneira, com todo mundo assistindo

Liberdade não é dinheiro no bolso, restaurantes caros
Mas o direito de optar pelo churrasquinho na esquina rodeado de amigos fiéis, verdadeiros

Liberdade não é viajar quando quiser para Paris, Londres
Mas viver todos os momentos da vida cotidiana como se fossem uma viagem

Liberdade não é ter um carro caro
Mas poder ir para onde quiser, ainda que seja a pé

Liberdade não é fazer planos
Mas viver em toda a sua plenitude tudo que foi planejado

Liberdade não é esperar o momento certo para realizar o sonho
Mas se atirar de cabeça na certeza de que tudo é possivel

Liberdade não é ter a certeza de que tudo vai dar certo
Mas a capacidade de rir e aprender se algo der errado

Liberdade não é ter controle sobre tudo
Mas saber que só se pode controlar a si mesmo

Liberdade não é sobre ser aceito
Mas sobre se aceitar e ter orgulho do que se é

Liberdade não é poder “deixar para amanhã”
Mas viver o hoje como se fosse o último dia

Liberdade não é se livrar apenas de grilhões físicos
Mas sim de toda e qualquer âncora ou amarra mental

Liberdade não é poder falar o que se quer
Mas viver e sentir tudo que se pensa

Liberdade não é não ter medos ou receios
Mas a força que faz com que se vá adiante mesmo que pareça dificil

Liberdade não é ser solteiro ou casado
Mas é sobre dar voz e viver o que vem do coração

Liberdade não é ter a chave de casa
Mas é entregar a chave do seu coração na mão de alguém

E por fim, liberdade não é a percepção dos outros sobre a sua vida
Mas a capacidade de viver sua vida sem se importar com a percepção dos outros

Todos os dias
Eu escolho ser livre
Porque a liberdade não é algo que me deram
Mas sim o que eu me dei quando decidi ser feliz.

Dia do Idoso

Mais um Feliz Dia dos Idosos!!! 🙂

AGORA BABOU

Eu vi minha bisa, meus avós e avôs, envelhecendo. Vi meu pai falecer antes de envelhecer. E hoje vejo minha mãe envelhecendo.

Já perdi muita gente boa por conta da idade. Rugas… Marcas das lutas, da coragem, que jamais serão disfarçadas pelo tempo.

E quando falo de coragem, é porque carrego comigo esses exemplos. Os que vieram antes de mim eram corajosos. Eram bravos! Eram luz na minha vida! E na sua humildade, escondiam imenso saber.

Quem me conhece sabe que tenho um fraco (muito forte) por crianças e idosos. Crianças por serem o futuro, e idosos por carregarem o que nem imagino ser o seu passado.

Escolham um idoso qualquer na rua. Reparem bem! Percebam a fragilidade do corpo (na maioria dos casos), mas não os julguem por isso. Cada idoso já tem a sua própria história, e não nego que esse tempo todo na Terra me fascina.

A…

Ver o post original 175 mais palavras

Minha comida

Eu tenho sonhos imensos
Desejos que nunca acabam
Vontades que nunca passam
A todo e qualquer momento

Se eu invento?
Não preciso e nem tento

A culpa é toda tua
Que o tempo todo desfilas nua
Na lascívia inexorável do meu pensamento

És da minha alma alimento
E eu te devoro
A todo e qualquer momento.

(im)Perfeição – declamada por Michele Cruz

A Michele adora me fazer essas surpresas e eu adoro as surpresas que ela me faz. Ela escolha a poesia e a declama quando quer. O resultado é sempre surpreendente. Obrigado pelo carinho, Michele!!! ❤ ❤ ❤

Poesia original: https://agorababou.com/2019/09/15/imperfeicao/