13 de Maio – Dia de Nossa Senhora de Fátima

Hoje é dia dela, da minha segunda mãe, da mãe de todos nós, mãe do filho de Deus que se fez carne e viveu entre nós.

Nada do que eu fale será capaz de explicar o que sinto por ela. Nada. É minha protetora, minha guardiã, minha confidente, a quem entrego minha alma e meu coração, não certeza de que ela intercede por mim diante de seu filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, meu único senhor e meu salvador.

Obrigado pela sua presença em minha vida, minha querida mãe. Ave Maria hoje, agora e sempre!