Dia das Mães – 2020

Eu tenho inveja das mulheres, confesso. Nunca poderei ser mãe. Deus não deu a mim a missão de gerar uma vida. Forneço só uma semente. Indispensável, eu sei, mas eu jamais serei o solo sagrado que gera e que nutre uma nova vida. Jamais.

Não há no vocabulário palavras suficientes para descrever o milagre da maternidade. Para mim, é a prova de que Deus existe e de que ele é bom. Não é a prova de que homens e mulheres são iguais, mas a prova de que as mulheres são o sagrado, o elo e o canal entre o universo e o mundo em que vivemos.

Portanto, no dia de hoje, quero agradecer a minha mãe por ter me deixado vir ao mundo. Agradeço a mãe da minha filha pelo maior presente que já recebi em minha vida. E por fim, agradeço a todas as mães, na certeza de que a a própria humanidade não existiria sem a aceitação dessa sua missão divina.

Feliz Dia das Mães! Para você que é mãe, para você que quer ser mãe. Para as mães que choram as perdas dos filhos. E para que fique claro, eu me rendo: vocês são absolutamente sensacionais! Vocês são a vida!

A saída do ex-juiz Moro do governo Bolsonaro

Vocês acham que a situação ficou complicada com a saída do Moro do governo Bolsonaro? Então, gostaria de dizer que essa é só a ponta do iceberg.

Vamos começar pelo básico. Para que serve a Polícia Federal?

“A Polícia Federal atua no âmbito de interesses da União, a nível federal, e tem como objetivo a apuração de crimes e infrações penais cometidas contra a União e também suas empresas públicas. Também possui como missão a repressão ao tráfico de drogas em nível nacional, ao contrabando e descaminho.”

Percebam: a PF não julga; a PF apura, investiga. Quem julga o que foi apurado e investigado é a Justiça, cabendo também ao Ministério Público aprofundar essas investigações na medida em que achar necessário. Foi assim na Lava Jato, por exemplo.

Quando se controla o órgão que apura e investiga, sobretudo no âmbito federal, detém-se o monopólio da produção de provas que posteriormente poderiam ser usadas pela Justiça. Enfraquecem-se as atividades em andamento e as próximas investigações.

Que próximas investigações? Não faço a menor ideia. Há algo de muito podre no ar. A tal “rachadinha” não é nada em comparação com o que está por vir. O próprio Moro elencou no seu discurso de saída uma série de crimes de responsabilidade.

Enfim… A verdade está na cara, mas não se impõe. Ontem mesmo já “passavam pano”, dizendo que a saída do Moro era necessária por conta da aproximação com o Centrão. Que desculpa oportuna, não é mesmo? Nada melhor do que afastar os honestos em nome da governabilidade, ou melhor, em nome de um plano de poder que está se mostrando tão ou mais podre que todos os outros anteriores.

Já vi esse filme antes. O final não é bom.

Em tempo: Moro foi ingênuo demais ao acreditar que era um “super ministro”. Na prática, perdemos um excelente juiz. Passaram a perna no ex-meritíssimo, que ficará sempre gravado em minha memória como figura exemplar no combate à corrupção no Brasil.

Feliz Ano Novo – 2020

E então, chegamos ao fim do ano, mas não chegamos ao fim. Que isso fique claro.

Que 2020 seja repleto de aprendizados e recomeços (quando estes forem necessários). Que os tropeços nos façam rir e que as lágrimas sejam só de felicidade. Que Deus esteja no controle, e que tenhamos fé suficiente para saber que no fim (não necessariamente no fim do ano) tudo ficará bem. É só uma questão de tempo, de esperança.

Obrigado a todos que aqui estiveram brindando o meu blog com a sua presença. Sinto-me honrado por ter conseguido alcançar mais e mais pessoas, na certeza de que aqui falo basicamente de uma única coisa: o amor, que é o sentimento mais importante e sublime que existe.

1 Coríntios 13

1 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

3 E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

5 Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

6 Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

7 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8 O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9 Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10 Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12 Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

FELIZ ANO NOVO!!!