O retorno

Meu corpo te diz adeus,
Sem palavras, casualmente,
Sem a força de quem diz que vai
Esperando o momento da volta,
Como corpo que espera o coração bater.

E eu que tanto te quis,
Me olho assustado, surpreso,
Para onde foi todo aquele desejo?
Onde está o nosso último beijo?
Eu não sei. Eu não sei.

Só sei que sou agora o mesmo de antes,
De antes de te conhecer.
Puro, sincero, verdadeiro,
Forte, destemido, louco pelo cheiro
Da vida, do amor, de Deus.

Ah! Meus amigos voltaram,
Voltou a paz da incerteza do destino,
Voltou a luta diária pelo pão de cada dia,
Voltou aquela menina da rua que me sorria,
Voltou tudo, ou melhor, eu voltei.

É, agora eu me pergunto,
Será que por um breve período enlouqueci?
Tenho certeza que não!
Foi coisa do coração:
Coisa que dá e passa.

tumblr_mzk1d6l7gz1ribl2jo1_500

Temperados

No calçadão da praia

Olhos nos olhos

Mãos e almas entrelaçadas

Excesso de tudo

Carência de nada

 

Completude de vida

Na acepção mais viva

Da viva palavra

Beijo sem igual

Abraço transcendental

Todo o resto virou pouco

E virou tudo

O que era pouco mais que o nada

 

A declaração de amor

A entrega irrestrita

Os sorrisos que declaram

Muito mais do que as bocas falam

 

E o mar a olhar

O júbilo que nos faz levitar

Nosso amor é a pimenta da terra

Que tempera na medida certa

Que faz rir

E faz chorar

Plenitude do ser

Do viver

Do querer estar.

casal-free-2-350x230

Inigualável

O teu gosto é sem igual

O teu cheiro é sem igual

Os teus beijos

O teu toque

Tudo que me fazes sentir

É sem igual

 

Lamento apenas que

Também sem igual

Seja a saudade de ficar sem ti.

saudd_

Só estou triste

Sinto-me completamente

 

Impotente

 

Ou fico anestesiado –

Não sei –

Quando não consigo

Fazer de você

Um grande sorriso

Se há coisa que rasga

Dilacera

E quase mata

É não poder lhe dar um abraço

Um beijo

Só para dizer que vai ficar

Tudo bem

Mesmo que

Nos caminhos da sua

Felicidade

Esteja a tristeza

Do que

Nesse instante

Sou só eu.

triste