Aqui é Brasil, porra!

Esta bandeira não tem partido e nem político de estimação. Esta bandeira é o que somos no passado, no presente e no futuro. Esta bandeira transcende quem está, esteve ou estará na presidência. Esta bandeira é tua, é minha, é nossa, sob as bênçãos de Deus e de Nossa Senhora de Aparecida. O resto são só bravatas e gente que não vale o pão que come.

Nem A e nem B. Aqui é Brasil, porra!!!

Vim trazer verdades 31

Mudar de opinião nem sempre é sinal de inteligência. Também pode ser falta de personalidade ou mesmo um receio de não ser aceito em um determinado grupo.

Em tempos de polarização política extrema como a que vivemos no Brasil, mais do que mudar ou manter uma determinada opinião, é preciso que as pessoas estejam bem informadas. Isso passa por se informar também sobre o contraditório, sobre o que soa dissonante aos ouvidos. Aliás, como alguém pode defender a ideia A sem conhecer um eventual contraponto proposto pela ideia B e vice-versa?

Precisamos pensar com o cérebro. Está sobrando gente pensando com o intestino em nosso país.

Parque da Cidade – Niterói/RJ

Uma subida extenuante (pode ser feita de carro, mas perde e graça) para alcançar esse paraíso com temperatura de 18⁰ C (versus 24⁰ C na beira da praia) e uma vista absolutamente maravilhosa, que seria de 360⁰ não fossem as árvores (e que as árvores continuem por lá).

Mais do que recomendo a visita, quer seja para pular de asa delta/parapente, fazer exercícios/trilhas, tomar uma cerveja, comer no bistrô, passear com as crianças… Enfim… Curtir a vida. É simplesmente sensacional! 🙂

De quebra, fui novamente na Praia de Camboinhas e Deus me deu esses presente: uma coruja fazendo pose para foto!

Foi ou não foi um sábado mais do que abençoado? Obrigado, Deus!!! 🥰🥰🥰

Praia de Camboinhas

Fica em Niterói, cidade do Estado do Rio de Janeiro, terra onde eu nasci. Leva esse nome por conta de um navio cargueiro que encalhou na praia. Maiores detalhes aqui.

Mas nem é esse o motivo desse post. Há tempos que eu não ia nessa praia, e no final de semana passado tive a chance de matar as saudades. Foi um reencontro, digamos assim. Deus me brindou com um dia lindo, que foi registrado em uma fotografia que mais parece uma pintura.

Ao fundo, o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor vistos de fora da Baía de Guanabara, de um ângulo pouco conhecido pelos cariocas (tecnicamente, niteroienses não são cariocas – são fluminenses). Aliás, dizem que a melhor coisa de Niterói é a vista para a cidade do Rio de Janeiro. Eu não concordo, mas também não discordo… Há como discordar vendo essa fotografia?

Era só isso mesmo. E na vitrola, não poderia ser outra música…

Não entendo…

Não consigo entender como uma partida de futebol ou mesmo a decisão de um campeonato justifiquem as aglomerações em casas e bares. Não consigo. Essas atitudes não tem a ver com os políticos. Tem a ver conosco enquanto seres humanos. Qual bem pode ser mais precioso do que a vida? Discutam política. Encontrem culpados. Esbravejem. Só não se esqueçam de se olhar no espelho. Espero que tenham a coragem de fazer isso.

O Cristianismo, Bolsonaro, a COVID-19 e a HCQ

Quando um cristão deseja que seus inimigos ou algozes vivam por muito tempo, é por dois motivos principais:

1) Para que as suas farsas sejam descobertas;
2) Para que sirvam de exemplo e tenham tempo suficiente para o arrependimento antes da morte.

Ao fazer 2 eletrocardiogramas (ECGs) por dia por conta de estar com a COVID-19 e estar se tratando com HCQ, a farsa bolsonarista se desmonta de uma vez: qual cidadão brasileiro pode fazer 2 ECGs por dia por conta de estar tomando um medicamento, quer seja na rede pública ou privada? Os que estão internados e, ainda assim, nem todos. Qualquer pessoa que conheça minimamente o SUS sabe disso.

Mas a farsa não para por aí… Se é seguro e sendo o Bolsonaro o garoto propaganda da HCQ, por que ele está fazendo esses exames? O discurso dele vale apenas para os outros, ou seja, para nós? Se fosse seguro como ele insiste em dizer, ele simplesmente não faria os exames. Ponto.

Mas a farsa ainda não acaba por aí… É comum os hospitais mandarem os pacientes com suspeita de COVID-19 para casa com a recomendação de retorno apenas em caso de piora. Isso é exatamente o contrário do protocolo que está sendo seguido pelo Bolsonaro diante da doença: ele está sendo tratado precocemente e está sendo monitorado por todo um corpo médico com acesso a equipamentos e insumos de primeira linha (médicos não fazem milagres sem o básico do básico, que muitas vezes falta no SUS).

Enfim… Toda a narrativa sobre o uso seguro da HCQ acabou, quis o destino, pelas mãos de quem mais a defendeu. E justamente por isso é que não temos até hoje um médico como Ministro da Saúde. Médicos não vivem de discursos. Precisam da ciência.

Auxílio Emergencial – COVID-19

Auxílio Emergencial. O nome já diz tudo. É para quem ficou sem renda durante a pandemia. Para quem não sabe e nem sequer tem o que fazer. Para quem não tem dinheiro para comprar remédios, comida. Para quem vê a geladeira vazia, as contas chegando, os filhos chorando… Para quem o futuro parece uma agonia.

Causa-me espanto culparem o sistema por conceder benefícios para quem não precisa, muitas vezes até para pessoas empregadas. Causa-me náusea. Causa-me revolta. Desde quando falhas no sistema podem ser responsabilizadas pela desonestidade, pela falta de valores das pessoas? Desde quando falhas no sistema podem ser responsabilizadas pela essência, pelos desvios de caráter, pelo que as pessoas são?

Que Deus tenha piedade dessas pobres almas que não apertam gatilhos de arma alguma, mas que são incapazes de ter compaixão e empatia pelo seu semelhante. Ao usufruirem do auxílio emergencial sem dele de fato precisar, sangue jorra de suas mãos, ainda que essas pessoas se sintam absolvidas pelas suas próprias hipocrisias.

O problema do Brasil são os brasileiros e não tem sistema que conserte isso.

Faltou CORAGEM

É preciso muita CORAGEM para olhar bem nos olhos de um povo, de uma nação, de um país, e dizer o seguinte:

“O mundo foi pego de surpresa por essa situação. Sequer entendemos o tamanho do problema. Por conta disso, pedimos que fiquem em casa. Sabemos que isso é difícil sob o ponto de vista social e econômico, mas estamos lidando com um inimigo desconhecido, e o nosso objetivo maior é preservar a vida de todos os brasileiros. Enquanto vocês ficam em casa, avançaremos na preparação do nosso sistema de saúde, onde investiremos de forma maciça, ao mesmo tempo em que trabalharemos incansavelmente com a comunidade científica nacional e internacional, com o objetivo de encontrar o melhor tratamento, desenvolver vacinas, e até mesmo descobrir uma eventual cura para essa doença terrível. Vamos tomar as providências que forem necessárias para atenuar o impacto dessa pandemia em suas vidas, e pedimos mais do que nunca que não percam as esperanças. Juntos, conseguiremos vencer essa guerra. Juntos, somos mais fortes. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos. E que Ele nos abençoe.”

Faltou CORAGEM. CORAGEM.

Atentado contra o Bolsonaro

Não me importa em quem você vai votar, mas… Você acha normal um candidato à presidência da república, líder nas pesquisas eleitorais, sofrer um atentado nas vésperas das eleições? Está rindo disso? Está postando e distribuindo memes? Está achando isso engraçado de alguma forma? Apenas uma constatação: VOCÊ É DOENTE!