Sacanagem olímpica

Lembro-me de quando toquei pela primeira vez

Entre suas olímpicas pernas

Depois disso, não me lembro de mais nada

Ainda que aquela sensação me seja eterna

 

De alguma forma associei aquele momento

Ao barulho do curso de um rio

Tornei-me um ás da canoagem

Todo dia remando e colocando-te no cio

 

E hoje, meu maior desafio

É afogar-me por completo todo dia

Entre as tuas fartas e inigualáveis coxas

Não há morte; só putaria e poesia.

muco-vaginal-clara-de-ovo-wikipedia-commons-257x300