Imperfeitamente perfeito

Diga-me quem és

Porque bem sei quem sou

Tenho todos os defeitos típicos

De quem se apaixonou

 

Não há sentimento de sua parte

Essa parte eu até entendo

Mas por que dizes ser imperfeito

O amor pelo amor que estou tendo?

 

Deixe-me amar, me apaixonar!

Faço disso disso tudo bom proveito

Não imaginas o que sinto ao acordar

E bradar: Deus, sou imperfeito!

 

O amor e a paixão são assim

Realizam-se na imperfeição

Não devem explicações a meu cérebro

Somente a meu pulsante e esfuziante coração.

bem-e-do-mal-friedrich-nietzsche-109820

Curto circuito

Sinto a força do tempo

Queimando minhas veias

E libertando-me das teias

Já não sou mais presa

Sou predador

 

Sou o que não sei ser

O que nunca pensei em ter

Sim, hoje eu sei

Sonhar alto dá nisso

Pesadelos que eu visto

 

E se virou fel

Aquilo que era favo de mel

Resignadamente eu peço

Valha-me, Deus!

Coração e cérebro desconexos.

Prolixo e dramático

A gente tinha

Eu te tinha

Tinha

Tenho mais

Sim ou não

Pergunta ou exclamação

Certeza ou indagação

E no meio dessa confusão

Pelo sim, pelo não

No talvez

Nos mil porquês

Não foi por querer

Essa azucrinação

 

Pára, cérebro!

A razão

É em vão…

Mais um café

O bicho de pé

Sim, sim, sim

Não, não, não

Aliteração?

Prolixo e dramático

Coração.

uh173-7dbebbca-e853-4917-a876-1545e091c7b3-v2

O emocionante tributo feito em imagens para uma menina de 7 anos vítima de câncer

Não sei o que dizer… Perdi um irmão quando ele tinha 8 anos exatamente pelo mesmo problema. O sofrimento de uma criança diante de uma doença tão brutal é algo indescritível. Crianças não deveriam ter que passar por isso. É de partir o coração. 😦

VIVIMETALIUN

Ser diagnosticado com câncer é sempre assustador. Quando o paciente é uma criança, as coisas parecem ainda piores. Mesmo assim, muitas vezes os pequenos podem ser mais corajosos diante da doença do que muita gente grande. É o que mostra a usuária do Imgur Taisce, em um emocionante tributo a sua sobrinha Katherine King.

Katherine foi diagnosticada com um tumor cerebral no dia 2 de junho de 2015 e os médicos disseram que ela teria apenas nove meses de vida. A menina sobreviveu à doença durante 12 meses, mas acabou falecendo com apenas sete anos no último dia 7 de junho.

A homenagem é de partir o coração:

Adeus Katherine King

kat1

Você nos deixou cedo demais

kat2

Muito antes da sua hora

kat3

Ainda havia tanto o que fazer e experimentar

kat4

Você tinha sua vida inteira pela frente

kat5

Você deveria ter ido ao Ensino Médio

kat6

Deveria ter tido um namorado (ou namorada)

kat7

Se…

Ver o post original 323 mais palavras