Madurando

Espera

Espreita

Que o momento certo

Ronda por perto

 

A fruta pode até ser dura

Mas se torna convite quando está madura

 

E quando for o momento da colheita

Será intensa a sua doçura

E como nunca se viu tão segura

Abrir-se-á por inteiro

Polpa farta, deleitosa, viciante

Liberdade, enfim, desta clausura.