Esconde-me aí dentro

Esconde-me aí dentro

Está muito frio

Minha alma tão vazia

Há tempos que sequer sorrio

 

Esconde-me aí dentro

Não quero ser encontrado

Deixe-me sem pressa dormir

Em ti completamente enroscado

 

Esconde-me aí dentro

Proteja-me do que não sei

Sutura esses cortes profundos

De quando me autoflagelei

 

Esconde-me aí dentro

Como? Eu não sei

Só sei que dentro de ti

A paz eu encontrei.

lembrancas