Fecha a conta!

Se há uma cor que nos representa?

Vermelha

 

É sangue

É amor

É paixão

É comichão

 

Sim…

Comi no chão

Comeria onde fosse

Como fosse

Quando fosse

O importante são

Os sabores

Os temperos

Os destemperos

Os exageros

A cor vermelha

Que você me trouxe

 

Bem ou mal passada?

Ao ponto

Vermelha

Para escorrer em mim

Me inundar de prazer

E deixa-la ruborizada

Vermelha

Envergonhada

Da sua explosão

Da nossa depravação

Do puro prazer

 

Não se trata de

Querer ou não querer

Estou com fome

Quero comer você

 

Fecha a conta, garçom!

Ou seremos presos

Por mostrar de verdade

O que é sobre a mesa

 

Vermelha

Nossa cor é

Sempre vermelha

Nossos corações

No ponto

Banquete indecente

Eu e você.

carne-ao-ponto

 

 

 

Eu e Você

Pois é… Já tive uma banda de rock. Tenho pouco material dessa época, e o pouco que tenho é de qualidade duvidosa. De qualquer maneira, segue algo que achei sem nenhum tipo de overdub, gravado direto do mixer em uma fita cassete! Foi em Santa Maria Madalena/RJ, em 1991 ou 1992, durante uma madrugada da vida. Infelizmente, a guitarra do Zequinha não foi gravada ou estava muito baixa no mixer. Tudo que parecer com uma guitarra na música sou eu fazendo. 🙂

Banda: Ave Rara

Música: Eu e Você, de Lucas e Paulinho Peixuxa

Vocais: Sandro

Baixo: Fabio Almeida de Lemos (Fabinho)

Bateria e Backing Vocals: Marcos Antonio Assumpção (Granamyr)

Guitarra: José Marques Junior (Zequinha)

Guitarra: Fabio Ottolini

Dêem um desconto, tá? Rs.

17935198