Todo santo dia

Também eu sei falar de coisas tristes,

De tudo de ruim que me aconteceu,

Das dores que me perseguiram inclementes,

Das saudades absurdas que me gelaram o peito,

Das vozes que, delirante, fingi que ouvi,

Das noites em claro e da sensação de quase morte,

Dos fins de tarde que pareciam o fim do mundo,

Do Apocalipse que comia e regurgitava minhas vísceras.

Ninguém por perto.

Medo diserto.

Respirar funesto.

Desenredo decerto.

Até que me dei conta

De que nunca me eximi,

Ou mesmo tentei fugir,

Das catástrofes que a mim –

E em mim –

Cabiam:

Tentar esquecer

Era, pois, a forma mais dissimulada

De me lembrar,

Todo santo dia,

De tudo que ainda me habitava

E de tudo que já me foi tudo um dia.

Nuvens cinzentas

As nuvens –
Antes cinzentas –
Assopram-me em direção ao sol.

Justo o sol,
Que sempre lá esteve.
Justo o sol,
Que das nuvens independe.

Mas eis que voar por entre
As nuvens densas e cinzentas,
Fez-me valorizar ainda mais o sol,
Que me aquece,
Que me remexe,
E minha pele aquece,
E faz bater meu coração.

Queria eu ter entendido antes,
Que as nuvens então cinzentas,
Eram catalisadoras da minha ascenção.

(querendo eu ou não)

Pelas nuvens cinzentas eu ascendi,
E o sol tudo em mim acendeu.

Tudo há de ficar bem

Tuas lágrimas não são motivo de vergonha. Tua dor merece todo o respeito do mundo. Teu receio do futuro é mais do que justificável. Teu medo de que tudo se repita é plausível. Tu estás ferida, machucada, com o coração apertado, e não há como fugir disso. Simplesmente não há.

Quanto mais resistires, pior será. Quanto mais evitares esta onda de sentimentos lancinantes, mais agudos eles se tornarão, e não irão embora enquanto não realizarem dentro de ti a proposta divina e universal da mudança.

Mudança necessária! Não estás vivendo tudo isto por acaso. É imperativo que acredites que a vida está a chamar-te para viver em um novo patamar, que não pode ser alcançado enquanto a dor, que ora age como implacável e rigoroso professor, atinja dentro de ti os seus objetivos.

Sê forte! Tem fé! Acredita na transformação necessária para que chegues ao teu destino. E quando lá chegares, não te esqueças das lições. Aprenda com teus erros e faça de tudo a teu alcance para que eles não se repitam.

É o que te desejo do fundo do meu coração, porque comigo foi exatamente assim. Só quando me entreguei para o que eu sentia e cheguei ao fundo do poço é que me dei conta de que o Deus que tira é o mesmo Deus que dá. Havia um propósito em minha aparente queda. E assim como no meu caso, Deus está trabalhando em tua vida. Tenha fé nisto.

Tu és uma obra de Deus e toda obra de Deus é perfeita. Repousa durante a noite, quando tudo parece ser 100 vezes pior do que realmente é, tendo a certeza disto. Deus é contigo hoje, agora e sempre.

Amém.

Vim trazer verdades 39

Nossa visão imediatista diante da dor nos torna míopes. Tentamos evitar a dor a todo o custo, nem que para isso tenhamos que nos humilhar, usar e abusar de drogas (controladas ou não), e muitas vezes adotar até mesmo padrões de comportamento que colocam em risco a nossa integridade física, mental e espiritual.

NÃO!

A dor de hoje é, na maioria esmagadora das vezes, a felicidade de amanhã. É preciso que a vida leve o que não é nosso e o que não nos cabe, para que possamos evoluir e alcançar aquilo que é verdadeiramente nosso e alinhado com o propósito de nossa existência.

Portanto, não fuja da dor. Encare-a de frente e sinta-a em todas as suas dimensões, na certeza de que ela está preparando você para o melhor, que com certeza ainda há de vir.

Acredite no processo!

Mexa-se

Quando cheguei ao topo do monte, pude ver montanhas muito maiores por detrás. Não desanimei. Eu só conseguia ver o monte, e foi por isso que decidi subi-lo. Agora, vou subir montanhas, e só vou subi-las porque um dia eu decidi subir o monte. As montanhas eu simplesmente desconhecia.

Amplie seus horizontes. Comece de algum lugar. A vida só se apresenta em toda sua imensidão quando você estiver disposto a buscá-la. Saia da sua zona de conforto, do seu chão. Nada de novo acontece aonde você está. Mexa-se.

Desafios são oportunidades

Eu me lembro que quando comecei a trabalhar, em um belo, dia a minha gerente me disse: “temos um problema”. Foi assustador ouvir isso. Na minha percepção, a palavra problema trazia consigo uma carga muito, muito negativa, ao ponto de causar até uma certa paralisia. Acabamos por resolver o tal problema, mas a impressão que fiquei com relação à palavra permaneceu.

Alguns empregos depois, tive um gerente sueco que me chamou em sua sala e disse: “Estamos diante de um desafio…” e explicou todos os detalhes. A palavra desafio, ao contrário da palavra problema, me tocou de maneira diferente. O desafio eu tomei como algo pessoal, ainda que fosse uma questão corporativa. Era como se meu chefe estivesse me dizendo algo do tipo: “você pode, você consegue”. Nem preciso dizer que virei noites por conta própria para vencer o tal desafio, não é mesmo? Aquilo mexeu comigo. Eu fui desafiado, e isso tirou o melhor de mim.

O tempo passou e comecei a gerenciar pessoas. Como bom aluno, aprendi a lição. Nunca falei com meu time sobre problemas. Sempre eram desafios, coisas que precisávamos resolver juntos. E isso também dava a eles a percepção que eu tinha: éramos parte da solução e não o problema propriamente dito.

Durante esse processo, acabei por interiorizar esse conceito de tal forma que ele também passou a fazer parte da minha vida pessoal e de como eu encaro as questões que a vida me propõe. E fui mais longe… Percebi que quando a vida me dava um desafio (e desafios surgem todos os dias), é porque já existia em mim o poder, a força, a determinação e o conhecimento necessários para começar a supera-lo. E mais… Também percebi que se um desafio aparecia de forma constante em minha vida, é porque a minha estratégia para supera-lo estava equivocada. Era a hora de parar, dar um passo atrás e pensar: “O que posso fazer diferente? Por que estou não estou avançando?” E com pequenos ajustes, acabei me vendo capaz de fazer coisas que antes eu achava impossíveis. Literalmente.

Moral da história: a vida, em todos os seus níveis (pessoal, profissional, etc.), não é fácil. Entretanto, a maneira como lidamos com as questões que surgem é que define os resultados que alcançamos. Se eu pudesse dar uma sugestão para alguém que se encontra “empacado” em qualquer aspecto de sua vida, eu diria para mudar a forma de encarar o que está acontecendo. Não é um problema. É uma oportunidade, um chamado, e uma forma de ser ou de desenvolver o que cada um tem de melhor dentro de si.

Problemas nos paralisam e sem desafios estacionamos. E a vida só faz sentido quando estamos em movimento. Sempre.

Frases-Sobre-o-Impossivel-2