Vim trazer verdades 60

Quando sorrimos para Deus, Deus nos sorri de volta.

2023-01-10 – 17:25:00 GMT-3 – Niteroi/RJ – Brazil

Feliz Natal – 2022

Que neste Natal, nossos corações estejam bem abertos para sentirmos o que de fatos sentimos, de maneira que sejamos capazes de nos encontrar (de novo) com nós mesmos.

Que transbordemos nossos medos, nossas dúvidas, nossas tristezas, nossas verdades, nossas saudades, nossas felicidades e tudo mais que estiver preso em nossos peitos. E acima de tudo, que transbordemos muito amor e perdão, na certeza de que a busca incansável pela nossa integridade e reconciliação com Deus, nosso pai, é a nossa única possível salvação.

A quem eu machuquei, peço meu mais humilde e reverencial perdão. E se fui machucado, confesso que já não me lembro, pois o Cristo é o dono do meu coração.

“– Adeus – disse a raposa. – Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.” – Antoine de Saint-Exupéry, no livro O Pequeno Príncipe

Um Feliz Natal para todos! Que Deus nos abençoe grandemente e que ilumine nossos caminhos hoje, agora e sempre. Amém!

You Raise Me Up – by Josh Groban

Não é uma música qualquer. É uma oração que me toca profundamente.

Que ao ouvi-la, você sinta a presença de Deus em sua vida. E que você tenha a certeza de que ainda que a sua dor e seu sofrimento sejam imensos, Deus irá honra-lo como sempre fez com TODOS os Seus filhos. Basta ter fé. Basta acreditar. Basta entregar a sua vida a Deus.

Deus é conosco. NUNCA se esqueça disso.

Amém!

You Raise Me UP
(Josh Groban)

When I am down, and, oh, my soul, so weary
When troubles come, and my heart burdened be
Then, I am still and wait here in the silence
Until you come and sit awhile with me

You raise me up, so I can stand on mountains
You raise me up to walk on stormy seas
I am strong when I am on your shoulders
You raise me up to more than I can be

You raise me up, so I can stand on mountains
You raise me up to walk on stormy seas
I am strong when I am on your shoulders
You raise me up to more than I can be

You raise me up to more than I can be

Deus é comigo

Hoje, olhei e admirei muitas flores

De todas as cores

Que encontrei pelo meu caminho.

E hoje, certeza que de meu rosto

Foi-se embora o sorriso tosco

De quem se via caminhando sozinho.

Deus é comigo até o fim.

Hermético

A arte não pode ser silenciada,

Porque o amor urge e grita,

E a vida,

Tão passageira e efêmera

Quanto parece ser,

Está sempre em chamas.

O que eu nego que me aconteça,

Ainda assim não deixa de me acontecer.

E o que eu sinto –

E que só eu sei que verdadeiramente sinto,

Quer seja por anos ou instantes –

Está além de censura

E de toda e qualquer opinião.

Eu existo.

Parece-me o bastante.

Resta me tudo, então:

Apenas viver.

Inerte

Hoje,

Vou deixar tudo para amanhã.

Porque hoje,

Meu foco é o ontem.

Quero lamentar tudo que não fiz.

Quero sofrer por tudo que não aconteceu.

Hoje,

Vou deixar tudo para amanhã,

E o amanhã será assim também.

Mente que nem sente

Psicóticos e esquizofrênicos jamais mentem,

Pois para eles seus delírios e alucinações são 100% verdadeiros.

Fora isso, quem “mente que nem sente”

Sabe muito bem que está mentindo.

E você aí sofrendo, se martirizando,

Por gente que não tem honra, caráter.

Gente que nem gente é.

Ninguém muda ninguém – entenda!

Por isso, aceite as pessoas como elas se mostram

E a dor irá embora com o tempo.

A verdade liberta,

A verdade cura,

A verdade é de Deus.

Diga não aos senhores das trevas!

Acima de tudo, são grandes ladrões do seu tempo

(que é finito).


Luz que nos guia

Talvez a luz não esteja no fim do túnel.
Talvez o túnel seja a prória luz
Nos guiando pelos caminhos emaranhados da vida.

26 Ele disse-lhes: “Homens de pouca fé, porque estavam com medo?” E levantando-se repreendeu o vento e o mar e fez-se uma grande calma. – Mateus 8:26

Aprecie a paisagem no túnel (ela existe – acredite!) sem medo e sem moderação. Confie no processo. 🙂 🙂 🙂

Country Clube – Nova Friburgo/RJ

Vitrificado

Fascinam-me os pássaros,
Flutuando ao lado da ponte
Sem precisar bater suas asas
À mercê da magia do vento.

Fascina-me a ponte
Que serve de refúgio aos pássaros
Imponente diante da paisagem
À mercê da magia do tempo.

Fascino-me eu comigo,
Diante dos pássaros e da ponte
Diante do vitrificado horizonte
À mercê de Deus adiante eu sigo.