Cappuccino

Eu também tenho medo
E isso é um segredo
Só para você

É que quero tanto
O teu aconchego
E aí, então
Eu fico com medo
E isso é um segredo
Só para você

Vai que dá tudo certo
Ter você por perto
E eu de peito aberto
Sorrindo com o coração

É que quero tanto
O teu desassossego
E aí, então
Eu fico com medo
Mas isso é um segredo
Só para você

Vai que sua cor de cappuccino
Eu já não sou mais um menino
É você meu último destino
E eu nao vou poder dizer não

É que quero tanto
O teu beijo e teu dengo
E aí, então
Eu fico com medo
Mas já não é mais um segredo
Só para você
(nem para a torcida do Flamengo).

Não entendo…

Não consigo entender como uma partida de futebol ou mesmo a decisão de um campeonato justifiquem as aglomerações em casas e bares. Não consigo. Essas atitudes não tem a ver com os políticos. Tem a ver conosco enquanto seres humanos. Qual bem pode ser mais precioso do que a vida? Discutam política. Encontrem culpados. Esbravejem. Só não se esqueçam de se olhar no espelho. Espero que tenham a coragem de fazer isso.

Você viu a Mangueira entrar?

Essa piada tosca nunca fez tanto sentido. Corinthians campeão em 2015. Mangueira campeã do carnaval carioca. Possivelmente, o Flamengo campeão em 2016.

A mangueira está entrando direto no rabo de todos os brasileiros, e estão todos sorrindo! Ainda tem o desfile das campeãs! Que delícia! E já já chegam as Olimpíadas! Que país sensacional!

Ah! a Zika veio para o Brasil durante a Copa do Mundo. E daí? E daí que a Zika pode não causar microcefalia, mas um lote de vacinas contra rubéola pode? Nyong-nyong? Hein?

Não entendeu nada desse post? Nem eu! Mas que fique a lição:

NÃO URINE EM LOCAIS PÚBLICOS, POIS VOCÊ PODE SER PRESO E RECEBER UMA MULTA.

O governo cagar na sua cabeça? Pode sim, amiguinho. Todos os dias!

Romero Britto. Minha arte.  Minha vida. Guarapari. Búzios. SAMU. Seu cu.

Flamengo até morrer eu sou!

Não é preciso ser torcedor de um time para respeita-lo. Talvez mais do que isso… Respeitar a sua torcida.

Esse texto fala de nós, flamenguistas. E o porque do “uma vez Flamengo, sempre Flamengo”.

“A frase mais dita no Rio de Janeiro na última semana foi: “deixou chegar, fodeu!”. E de bar em bar ela se propagou como uma verdade absoluta e assustadora que colocaria o quase rebaixado a quase hepta.

Sim, eles acham que serão heptacampeões em 2015.

Talvez eles tenham ainda alguma timidez em demonstrar publicamente tal “delírio”, mas ao ver Luiz Antônio colocar aquela bola no angulo, não teve um rubro-negro vivo que não fez um calculo maluco na cabeça onde o Corinthians perdia loucamente e o Flamengo, embalado, ganhava quase todas.

Era mais do que um sonho. O hepta pra eles já é uma realidade.

Não chegaram no G4. Arrombaram a porta com dois gols espetaculares num dia de atuação ruim. Veja você, quem diria?  Eles. Eles sempre dizem.

Nós é que não acreditamos, teimamos com a lógica deles, os consideramos meio malucos que vivem num universo paralelo. Enquanto entendemos que 51 – 38 é igual a 13, eles entendem que é um tropeço aqui, uma derrota óbvia ali e “tamo lá!”.

Duvida? Infiél!

É irritante não ser Flamengo, especialmente em sextas-feiras como essa.

Deixamos chegar. Resta saber se F….

abs,
RicaPerrone

Fonte: http://www.ricaperrone.com.br/f/

P.S.: O jogo em questão é do Flamengo x Cruzeiro no dia 10/09/2015.