Ciclo viciado

Não amo-te apenas quando estou ébrio:
Apenas me eviscero
Diante dos teus olhos
Quando estou

Sou assim

A culpa
É inteiramente tua:
Teus fluidos
É que me embebedam

Releia a poesia
Até nunca chegar ao fim.

Alasca

Lembra de quando vimos

O pôr do sol nascer?

Loucos

Insônia

Ar-condicionado

Edredom

Verão

Fluidos para hidratação

Fluidos para alimentação

Meia-noite

Meio-dia

Uma vida inteira

Perdemos a noção

Nunca mais a achamos

E quem disse que procuramos?

praia_tropical_com_nuvens_brancas_04025c621787bd816e9e4287ca606045_praia tropical (2)