Um belo vestido

Um belo vestido

Uma bela festa

A melhor bebida

A melhor comida

 

Um coração rouco

De tanto gritar por socorro

Um coração morto

Apesar de ainda vivo

 

Esconda-se no perfume, na maquilagem

No sorriso plástico, no corpo perfeito

Esconda-se, não deixe que eu ache

Para que se desnude sem rodeios

 

E por fim, quando o cansaço chegar

Sozinha ou acompanhada

Em todo e qualquer lugar

Um nome e um amor que consome

Que chegou sem pressa e sem avisar

E sem permissão ou consentimento

Decidiu que vai ficar.

cover_vestidos_contraste_natureza_moda_tramp-41.jpg

Paraíso

Não sabes onde fica?

Não sabes como lá chegar?

Explica-me, então

Por que quando estamos lado a lado

Tal pergunta não faz sentido se perguntar?

 

E estarmos lado a lado

É algo que fazemos de longe

Que fazemos de perto

Não só porque queremos

Ou simplesmente desejamos –

Precisamos!!! –

Para nos manter vivos

Para tudo fazer sentido

Para vivermos o dia-a-dia

Para renovarmos a esperança

 

E nesse mundo de rimas e versos

Deparo-me contigo

A me falar do paraíso

De coração, sem improviso:

o paraíso é o lugar,
o ponto
onde
nossos lábios se tocam
e nossos corpos se encaixam
(e para lá sempre quero voltar)

 

Permita-me apenas um adendo –

Jamais um remendo! –

Sem valor científico

E abusando de meu direito de ser

Prolixo:

O paraíso não é um lugar

Para onde vamos

É bem aqui…

Ali…

Lá também…

Mais para o lado…

Em cima…

Embaixo

Tanto faz!

 

O paraíso é simplesmente

Tão somente

Clemente

Crescente

Valente

Veemente

Univocamente

E urgentemente

Onde estamos

Em qualquer tempo ou lugar.

passione.png

Souvenir

Juro que só estava

Procurando a rolha

Sabe como é…

É preciso procurar

Devagar

Sem nenhuma

Pressa

Em todos

Absolutamente todos

Lugares possíveis

Rolhas não ficam

Que eu saiba

Invisíveis

 

E tem o queijo…

Camembert ou Brie…

Não lembro ao certo

Onde?

Acho que em cima do sofá…

Talvez embaixo da cama…

E sua intolerância a lactose?

Deixa eu procurar a rolha!

 

Hum…

Por um acaso

Você não a escondeu?

Não?

Que bebamos a garrafa toda

Ou mais de uma

Tu e eu

Pela manhã

Descubro onde ela se meteu.

c7a55f28b890547d81d30fe3a852cfc6