Áspera vida

Áspera

À espera

A vida

Quem me dera

Ter-te aqui

Agora

Afinal

Seja como for

Sempre antes

Nunca depois.

Eles mentem!

Muito cuidado:

 

Eles mentem!

 

Disseram as mentes

Dos reticentes

Dos incrédulos

Dos prepotentes

Dos incoerentes

Dos inexistentes

Dos que não vivem

 

Muito cuidado:

 

Ele mentem!

 

Certeza de que nunca serão felizes

Vejam todas essas cicatrizes

Vejam os rastros de sangue!

 

Alto lá – disse o poeta!

A vida é de fato incerta

Entre portas e janelas

Fechadas e abertas

Corações não mentem:

Sem nenhum cuidado

Batem acelerados

E apenas sentem!


Prolixo e dramático

A gente tinha

Eu te tinha

Tinha

Tenho mais

Sim ou não

Pergunta ou exclamação

Certeza ou indagação

E no meio dessa confusão

Pelo sim, pelo não

No talvez

Nos mil porquês

Não foi por querer

Essa azucrinação

 

Pára, cérebro!

A razão

É em vão…

Mais um café

O bicho de pé

Sim, sim, sim

Não, não, não

Aliteração?

Prolixo e dramático

Coração.

uh173-7dbebbca-e853-4917-a876-1545e091c7b3-v2

Antinomia

Razão versus coração?

 

Eu digo que não!

afinando

Antinomia é o nome de uma tia que se dizia muito racional, e que chegou aos 80 anos dizendo que sempre soube que morreria infeliz. E pouco antes de morrer,  arrependida e com a alma dorida (mas com o ego intacto), disse: “Viram? Eu tinha razão! De nada me fizeram falta as coisas do coração!”

 

Não seja como minha tia. Não chame de antinomia as contradições aparentes ou alguma espécie de medo onipresente que é usado como desculpa consciente para evitar que você seja ou se torne feliz felizmente.

antinomia.png

A fusão

Quando começamos a fazer as perguntas necessárias, começam a aparecer as derradeiras respostas.

Como me achar ao me deparar com você em mim? Encontrarei-me em você?

Sim. É assim no amor. E vice-versa. Se atraem aqueles que procuram as mesmas coisas. Se completam em suas necessidades. Fundem-se. Não confundem-se. Transcendem.

O amor é isso e muito mais, ao ponto da razão não ser capaz de explicar que nele não há razão, pois ao mesmo tempo há!

Sendo assim, não o defina como quimera. Se não fosse para ser, já era. Aceite e aproveite se for capaz de desfrutar do que não sabia que poderia existir.

O amor é assim… Descacetante!

15708280_UcbYH

Você está aqui

Vejo o sol nascer quadrado

Mas não estou preso

Já meu coração…

 

Não há habeas corpus

Fuga ou rebelião

Que o livrem desta prisão

 

Carece de grades

De motivo ou razão

É involuntária tal situação

 

O crime praticado?

Amar feito um condenado

E para isso não há perdão.

heart

Se cubra de amor!

Vi essa imagem ontem no Facebook, e de alguma forma senti como se eu estivesse olhando para um espelho e dizendo isso para mim mesmo. Eu sou EXTREMAMENTE racional, mas para eu funcionar, meu coração precisa estar em paz. No fundo, o grande combustível da minha vida é o amor. Amor de verdade. Por tudo. Por todos. Amar é a maior manifestação de Deus em minha vida. Meu coração NUNCA se engana. Já a minha razão…

10370826_958542634243564_8621595395034992905_n

Roubartilhei daqui!