A menininha e o urso

IMG_2024

Fragilidade e destemor
Delicadeza e risco
Desejo de estar, de ficar
Atração que não se pode imaginar
E em reverencial resignação
O monstro se prostra diante daquela
Que morreria com uma única mordida
E que o mataria deixando escorrer de sua face
Uma única lágrima que fosse de tristeza e não de alegria

Aromas e convites

Já te vejo nua

Quando ainda estás enrolada na toalha

Teu corpo exalando aromas e convites

“Me come!”, tu não dizes e eu escuto

“Chegou a hora!”, atiço-me resoluto

Vício, hábito, comichão, aceitação, resignação

E sem que eu peça

A toalha escorre pelo teu corpo até o chão

Secou-se…

Mas há de pingar em mim e derreter meu coração.

How-to-Take-Care-of-Your-Body-Skin-3