Tic-tac

Posto que quando se ama

A distância se mede em metros

Mas em horas, minutos, segundos…

 

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac

Tic-tac…

paciencia-aprender-que-tudo-tem-o-seu-tempo

Ao meu lado

Deixa assim…

Eu vivo do passado

Olhando para um futuro

Com você ao meu lado

Morrendo de rir

 

Três pizzas para dois

Quatro gozadas depois

Te amo

Te chamo

Vinho

Canto

Pranto

Amor sem fim

 

Sim, a gente é assim

Sem fim

Sem começo

Puro recomeço –

Eis o preço! –

De vidas tortas

Que bateram em nossas respectivas portas

Precisando-se, pedindo-se

Necessitando-se…

 

Sim, vamos esconder

O que a vida nos prometeu:

Vamos nos ignorar em direitos

Defeitos

Peitos!

Falando nisso

Adoro os seus!

 

Exalo saudades

Das conversas sem fim

Do meu corpo suado

Colado no seu

Algo sem igual

Algo só meu e seu

Já mencionei seus peitos?

Enfim…

 

Saudades das nossas músicas

Das cinco horas da manhã

Do seu pai pegando água

Do seu sutiã

Do calor que me esquentava

Do frio que não fazia!

 

Ah, meu amor!

Não pedirei nenhum favor

Peço apenas pelo meu direito

De sermos para sempre felizes

Lado a lado

Perfeitamente imperfeitos

 

Ah,  meu amor!

Seja como o seja for –

Já disse –

Não pedirei nenhum favor

Apenas entregue-se ao que sou

Ao que você é

Ao que somos

E sabemos que somos

Pura felicidade e poesia

 

Eis-me todo seu

Ao meu

Ao nosso

Indiscreto

Direto

Mais do que manifesto

Dispor.

tumblr_static_tumblr_static__640

Save

Que nós tenhamos um lindo dia!

Lembra de como era no início?

Eu escrevia uma poesia

Você imediatamente lia

Imediatamente aparecia

Sorria

Agradecia

Ficava lindo o nosso dia!

 

Depois, virou rotina

Muito embora mais ricas as poesias

Mas nem sei se as lia!

Sequer aparecia!

Não sei se sorria

Agradecer, não agradecia

Ficava nublado o meu dia.

 

Mas você não vai me mudar

EU SOU ASSIM!

Eu sou poesia

Eu amo por amar

Escrevo por necessidade

Não por vontade

Quer seja por presença

Ou saudade!

 

Que nós tenhamos um lindo dia!

E que nossos corações se aqueçam

Quer seja com café

Ou com poesia.

bom-dia-cafe_04

Finitude

Todos os dias

 

Com tu ao longe ou perto

Teu rosto eu vejo

Teu amor eu desejo

E mando-te um bom dia

 

Todos os dias

 

Pois eu não sei

Quando pode ser o último dia

Que poderei dar bom dia

 

Todos os dias.

0de16cdc40d143d9397e631f1301890b

Telefonacionamento

Queria que fosse assim:

Eu não ligo para você

Você não liga para mim

 

E seríamos ligados assim:

Sem telefonemas

Não apenas um contato

Mas para sempre em contato

Conectados de fato

Sem fim.

frase-se-as-pessoas-pensassem-um-pouco-mais-na-morte-nao-deixariam-jamais-de-dar-o-telefonema-que-esta-paulo-coelho-110774

Save

Peito aberto

És assim:

A última coisa que penso antes de morrer

 

Morro todas as noites

Ressuscito todos os dias

E da gaveta do meu necrotério pessoal

Onde permanecem insepultos

Tanto o bem quanto o mal

Levanto-me e não me encontro

No obituário do jornal

 

E nesse estado de inexistência e torpor

Morto e roto

Liberto do amor

Não sinto tua falta

De fato, nada sinto

Pois lá

Seja lá onde esse lá for

Nem tu nem eu existimos

 

Dia e noite

Noite dia

Vida sem sorte

Abraça-me a morte

Nua e fria!

Esquece-me a vida

Sufocante agonia!

 

Inexistência de tristeza e alegria

Eu diria

Não fosse esse implacável despertador

Que todo santo dia

É meu desfibrilador

E que me lembra de sentir dor

Cirurgia de peito aberto de saudade

Sem nenhuma anestesia.

homem-necroterio-010116