A saída do ex-juiz Moro do governo Bolsonaro

Vocês acham que a situação ficou complicada com a saída do Moro do governo Bolsonaro? Então, gostaria de dizer que essa é só a ponta do iceberg.

Vamos começar pelo básico. Para que serve a Polícia Federal?

“A Polícia Federal atua no âmbito de interesses da União, a nível federal, e tem como objetivo a apuração de crimes e infrações penais cometidas contra a União e também suas empresas públicas. Também possui como missão a repressão ao tráfico de drogas em nível nacional, ao contrabando e descaminho.”

Percebam: a PF não julga; a PF apura, investiga. Quem julga o que foi apurado e investigado é a Justiça, cabendo também ao Ministério Público aprofundar essas investigações na medida em que achar necessário. Foi assim na Lava Jato, por exemplo.

Quando se controla o órgão que apura e investiga, sobretudo no âmbito federal, detém-se o monopólio da produção de provas que posteriormente poderiam ser usadas pela Justiça. Enfraquecem-se as atividades em andamento e as próximas investigações.

Que próximas investigações? Não faço a menor ideia. Há algo de muito podre no ar. A tal “rachadinha” não é nada em comparação com o que está por vir. O próprio Moro elencou no seu discurso de saída uma série de crimes de responsabilidade.

Enfim… A verdade está na cara, mas não se impõe. Ontem mesmo já “passavam pano”, dizendo que a saída do Moro era necessária por conta da aproximação com o Centrão. Que desculpa oportuna, não é mesmo? Nada melhor do que afastar os honestos em nome da governabilidade, ou melhor, em nome de um plano de poder que está se mostrando tão ou mais podre que todos os outros anteriores.

Já vi esse filme antes. O final não é bom.

Em tempo: Moro foi ingênuo demais ao acreditar que era um “super ministro”. Na prática, perdemos um excelente juiz. Passaram a perna no ex-meritíssimo, que ficará sempre gravado em minha memória como figura exemplar no combate à corrupção no Brasil.

Esposa de Moro cria página no Facebook em apoio ao juiz

Força para o Moro e toda sua família!

Paulo Angelim


Rosangela Moro, esposa do mais querido e aplaudido juiz federal do Brasil, tomou uma decisão corajosa. Criou uma página no Facebook para compartilhar as várias mensagens e manifestações de apoio e agradecimento que chegam a ele, de todo o Brasil.

Meu convite é que façamos desta a página mais concorrida, curtida e compartilhada, numa demonstração clara do quanto o Brasil apoia seus verdadeiros heróis, aqueles que com retidão estão devolvendo a esperança e dignidade ao povo brasileiro.

E que um dia, depois de sua missão cumprida na Lavajato, o Juiz possa alçar voos maiores em sua cruzada contra a corrupção, imoralidade e indecência neste nosso Brasil.

Curta a página: https://www.facebook.com/Eu-MORO-com-ele-1559415367683480/

Ver o post original