Sonho muito

Sonho muito
No intuito
De que algo fortuito
Faça-me estremecer

Sonho muito
E ainda assim
A realidade nua e crua
Faz-me ser

Sonho muito
Com o essencial
O carinho e o abraço
Que fazem tremer

Sonho muito
Porque parece injusto
Ter a alma vazia
Querer e não ter

Sonho muito
Sonho com o sonho
Com um mundo risonho
Feito sol ao alvorecer

Sonho muito
Porque sonhar
É viver
E quem não sonha
É só mais um vulto
Que já se deixou morrer.

A voz do coração

Há poesia em tudo

E se tudo já é uma poesia

Deve o poeta ficar mudo?

 

Não que me falte vocabulário

Mas como definir em palavras

O sorriso de uma criança

A leveza de uma bailarina

O vôo de um pássaro

O cheiro de uma rosa

A graça de uma joaninha

As nuvens

O céu

O vento

O mar

O amar

A vida…

 

Eu contemplo

E quando ouso escrever

É só para mostrar

Do que meu coração é feito

 

Tentar redefinir o perfeito?

Lamento

Mas nem de longe eu tento.

nao-acredito-na-palavra-do-homem-prefiro-escutar

Vida sem rodinhas

Tem gente que acha que amor é doença, que felicidade é ilusão, que arriscar não é permitido, e que a idade e os compromissos são um impeditivo para viver. Tem gente que tem medo de não estar no controle, de flutuar, de borboletas no estômago, de sorrir sem motivo, de sonhar o até então impensável…

Eu? Eu não acho nada. Sei que a vida colocará em meu caminho o que for melhor para mim. Eu simplesmente acredito na minha capacidade de atrair o que é melhor e que nada acontece por acaso. Felizmente, eu já aprendi a viver sem rodinhas. E quando a gente aprende, nunca esquece.

tirando_as_rodinhas_da_bicicleta

Mirabolantescamentessíssima vida

E se eu tivesse aceitado aquele não

Como seria?

Vida vazia

Em companhia da solidão?

 

E se eu tivesse aceitado aquele outro não

Será que eu saberia

O que da vida eu perderia

Por manter meus pés no chão?

 

Arrisquei-me, eu bem sei…

Fiz o medo ficar com medo

Fiz-me protagonista do meu enredo

E do meu futuro me tornei rei

 

E meu reino é o infinito

Sou pura possibilidade

Nasceres do sol e fins de tarde

Nada exato ou circunscrito

 

E se por acaso doer?

Eu choro, eu grito

Não deixo meu coração aflito

Ou a tristeza me abater

 

Pois eis que a vida é um instante

Das vitórias e derrotas me orgulharei

De fato eu pelo menos tentei

Viver e ser histórias para lá de mirabolantes.

voce-so-sera-lembrado-no-futuro-ou-por-cometer-uma-monstruosidade-e-em-caso-contrario-algo-nilton-mendonca-frase-1523-23337

Invariável mente

Dormir

Anestesiar

Deixar de existir

 

Vai que algo muda

Enquanto não estou

Nem aí?

 

E ao mesmo tempo

Sou puro pensamento

Querendo despertar atento

Para saber se algo mudou

Se surgiu algum alento

Enquanto eu não estava

Por aí…

 

Nem aí

Nem aqui

Nem lá

Nem cá

Não adianta

Nem tentar

 

Até no sonho

Sonho para sonhar

Que não estou

Ou que não sou

Sempre

Invariavelmente

Em todo

E em qualquer lugar

Por ti.

frase-a-ausencia-diminui-as-paixoes-mediocres-e-aumenta-as-grandes-como-o-vento-apaga-as-velas-e-machado-de-assis-130224

Parati

Para ti, deixo os sonhos não realizados

O amor não vivido

O medo que te cala

A culpa que te amordaça

 

E deixo porque nada disso

Jamais foi meu

Tu que és minha

E eu que sou teu.

culpa