Voto impresso – Sim ou não?

Quando o PT ganhou 4 vezes seguidas com as urnas eletrônicas, eu era um dos que suspeitava das urnas. Não achava possível as pessoas votarem em um poste. Na época, o discurso predominante é que a fraude não estava nas urnas eletrônicas, mas no sistema de totalização que, segundo diziam, “rodava em uma cloud na Venezuela” (???). Por fim, votei no segundo turno das eleições passadas no Bolsonaro e contra o PT (meus votos tem sido assim desde 2002), e o Bolsonaro ganhou.

Se eu acho as urnas seguras? Eu não tenho que achar nada. A regra do jogo atualmente é utilizar as urnas eletrônicas. Se eu acho que poderia haver um debate mais amplo sobre a segurança das urnas eletrônicas? Sem dúvida alguma! Deveria ser promovido pelo TSE, deixando claro que o povo em geral é leigo em se tratando de Tecnologia e Segurança da Informação. Teria que ser algo muito didático.

Enfim… Não é porque o Bolsonaro levantou essa lebre que a lebre não existe. O problema é que ele é inábil. Tipo o documento que ele vazou sobre o inquérito confidencial na PF. Tipo o “desfile” da Marinha (que vergonha!!!). Não interessa se já estava marcado. Desmarcassem. Questão de sensibilidade, de tino político, que ele definitivamente não possui.

Quem está celebrando porque o Bolsonaro perdeu está bem afastado da democracia. Todos os brasileiros perderam ontem. Espero que o TSE não entenda a decisão do congresso como algo do tipo “o povo brasileiro confia cegamente em vocês”, porque isso nem de longe é verdade.